Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Selecção trabalha em Portugal

10 de Novembro, 2015

As dezoito atletas seleccionadas vão trabalhar na sua recuperação física no Centro de Alto Rendimento de Gaia

Fotografia: Kindala Manuel


A Selecção Nacional sénior feminina de andebol deixou ontem, segunda-feira, a capital do país, Luanda, com destino a região da Gaia, Portugal, onde vai cumprir um estágio pré-competitivo de 15 dias, com vista a sua participação no Campeonato do Mundo da modalidade, prova a decorrer na Dinamarca, de 05 a 20 de Dezembro próximo.

Em breves declarações à Angop, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o treinador-adjunto da equipa nacional, Pedro Neto “Hoy” adiantou que a equipa técnica vai aproveitar o estágio para fazer os testes médicos e físicos, para facilitar o trabalho táctico e técnico e melhorar o desempenho da selecção.

As 18 atletas seleccionadas vão trabalhar na sua recuperação física, no Centro de Alto Rendimento de Gaia, uma vez que 16 delas estiveram a disputar, até ao passado final de semana, a Taça dos Clubes Campeões em Nador, no Reino de Marrocos, enquanto as outras duas, ficaram sem competir desde o final da última temporada terminada em Agosto. 

De Portugal o grupo rumará para o Reino de Espanha, onde irá disputar um torneiro com as selecções da Tunísia, Dinamarca, Espanha e a selecção provincial de Bilbao, seguindo a 04 de Dezembro para a Dinamarca. Angola está enquadrada no grupo B, com as selecções da China, Polónia, Suécia, Cuba e Holanda.

A caravana desportiva chefiada pelo vice-presidente desportivo da Federação Angolana de Andebol, Ilídio Cândido, integra as atletas Cristina Branco, Isabel Guialo, Lurdes Monteiro, Wuta Dombaxe, Elizabeth Cailo, Juliana Machado, Elizabeth Viegas, Liliana Venâncio, Natália Bernardo (1º de Agosto),  Ivete Simão, Teresa Almeida, Azenaide Carlos, Vilma Nenganga, Magda Cazanga, Luísa Kiala, Marta dos Santos (Petro de Luanda) e Janeth dos Santos, Matilde André (Progresso do Sambizanga).