Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco viaja hoje para Malsia

Rosa Panzo - 25 de Dezembro, 2015

Vela angolana vai ser representada no campeonato mundial da juventude por jovens dotados de experincia internacional

Fotografia: M.Machangongo

A selecção nacional de vela, da classe Laser Radial, deixa hoje o país com destino a Malásia, palco de Campeonato Mundial da Juventude, a decorrer de 29 do corrente a 3 de Janeiro de 2016. Felipe André e Domingas Huambo apresentam níveis competitivos acima da média, depois de três meses de preparação.

Ontem, apesar da chuva que se abateu em alguns áreas da capital do país, a selecção nacional encerrou a preparação na Baía da Ilha de Cabo, com exercícios de técnicas de largadas, chegadas e rodagens.

Orientados pelo seleccionador nacional, Moisés Comata, o conjunto angolano encerrou a preparação com a moral alta e prontos para ir a Malásia em busca das medalhas. Para o técnico, as internacionalizações dos  dois representantes nacionais dão garantias de uma boa prestação.

Filipe André tem participações em várias competições internacionais, "logo a experiência e o profissionalismo são armas para lutar contra os adversários". Quanto à Domingas Huambo, representante da classe feminina, a velejadora ostenta três internacionalizações e "não vai ficar inibida perante as adversárias, pois vai saber fazer o seu trabalho".

Moisés Camota assegurou que está satisfeito com o grupo com que trabalhou para a competição "malaia". "Ao longo da fase preparatória, os atletas empenharam-se e tiveram muita entrega nos treinos", disse.

A delegação angolana desembarca na Malásia no próximo dia 27, data prevista para a entrega de materiais de competição aos velejadores, mormente, registos e sorteios de embarcações, credenciamento, reunião técnica com treinadores e chefes de comitiva. No mesmo acontece a abertura oficial do evento pelos responsáveis da Federação Internacional de Vela (ISAF).

As primeiras regatas acontecem no dia 29 do corrente. A organização privilegiou três dias consecutivos de provas. No dia 1 de Janeiro, está previsto o descanso para todos, afim de festejar a entrada no 17º ano do século XXI. Os velejadores retornam às águas no dia 2 de Janeiro e o evento encerra no dia seguinte com a entrega de troféus aos vencedores.