Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleccionador francês sofre múltiplas fracturas

12 de Março, 2013

Laurent Jalabert, actualmente com 45 anos, foi brutalmente colhido por um carro

Fotografia: AFP

O antigo ciclista (vencedor da Volta a Espanha em 1995 e do Campeonato do Mundo de Contra-Relógio em 1997) e actual seleccionador francês de ciclismo está em estado considerado muito grave no Hospital de Montauban, perto dos Pirenéus, com múltiplas fracturas. O site do jornal “L’Equipe” informa que Laurent Jalabert, actualmente com 45 anos, foi brutalmente colhido por um carro que circulava em contra-mão quando dava um passeio de bicicleta. O técnico chegou inconsciente à unidade de saúde, mas acabou por recuperar a consciência. O prognóstico é reservado.


Purito conquista etapa à sua medida

O ciclista espanhol Joaquim Rodriguez (Katusha) desferiu um dos seus característicos ataques para vencer a quinta etapa do Tirreno-Adriático, em Chieti, onde o britânico Chris Froome (Sky) retirou a liderança ao polaco Michal Kwiatkowski. A história da longa etapa de 230 quilómetros iniciada em Ortona escreveu-se sobretudo perto do final, primeiro com Alberto Contador (Saxo-Tinkoff) a roubar uns segundos a Froome com uma bonificação no sprint intermédio a seis quilómetros da chegada, e depois nas duas subidas já nas ruas de Chieti, onde “Purito” foi o mais astuto no jogo de “escaramuças”.

Na curta e inclinada subida da Via Salomone, já nos 1.500 metros finais, o catalão, número um do mundo em 2012, aproveitou uma zona de grande declive para fazer o ataque definitivo, ao qual nenhum dos adversários ousou responder, e venceu em 6:06.43 horas. Os perseguidores chegaram oito segundos depois, com o holandês Bauke Mollema (Blanco) e o espanhol Alberto Contador à frente, enquanto Froome chegou em sexto, fazendo o suficiente para agarrar a camisola azul, símbolo da liderança, com 20 segundos de avanço sobre Contador e o italiano Vicenzo Nibali, que hoje perdeu algum tempo. O polaco Kwiatkowski caiu para quarto, a 24 segundos. Com duas etapas para terminar a prova, a última das quais um curto contra relógio de 9,2 quilómetros, Froome está em boa posição para confirmar o triunfo.


Tiger Woods
vence em Doral


O norte-americano Tiger Woods venceu o campeonato PGA de Doral e somou o 76.º torneio da sua longa carreira.
Tiger Woods, de 38 anos, terminou a prova com 269 pancadas, com duas de vantagem para o seu compatriota Steve Stricker (271).
O terceiro lugar foi partilhado pelo irlandês Graeme McDowell, o norte-americano Phil Mickelson, o espanhol Sérgio Garcia e o australiano Adam Scott (274)