Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleccionador pede concentrao

12 de Julho, 2013

Sete nacional cumpre hoje o terceiro dia de preparao na rota do mundial

Fotografia: Jornal dos Desportos

Depois de apenas um treino no primeiro dia de estágio em Banja Kanjiza, na Sérvia, Filipe Cruz trabalha em sessões bi-diárias, preenchendo o período matinal com aspectos técnicos e à noite com ensaio de esquemas tácticos.
Em todos os momentos, o treinador mostra-se preocupado com a atitude dos andebolistas, que deve melhorar em função da entrega individual de cada atleta em superar-se para conquistar a confiança da equipa técnica.

No XIV Campeonato do Mundo da Bósnia Herzegovina o "sete" nacional está no grupo A (com sede em Banja Luka) com a Tunísia, campeã africana e terceira do último mundial, França, Rússia, Dinamarca e Sérvia.
A série B é composta por Alemanha, Croácia, Suíça, Qatar, Holanda e Argélia. Na C estão Birmânia, Eslovénia, Congo, Argentina, Coreia e Hungria. Espanha, Suécia, Brasil, Egipto, China e Koweit constituem a série D.

A Espanha é a detentora do título, conquistado em 2011 na Grécia e a Dinamarca foi medalha de prata.Na primeira e única presença em mundiais de categoria em 2007, na Macedónia, Angola ficou em 19º. Amanhã, a Selecção Nacional parte para o local da competição.

Eis a lista de jogadores: Adelino Pestana, Adilson Maneco, Agostinho Lopes, Cláudio Lopes, Declerck Sibo, Edgar Abreu, Edmilson Gonçalves, Enio de Sousa, Henriques Cassange, Inocêncio Tamba, Manuel Nascimento, Otiniel Pascoal, Panzo Lemba e Rome Hebo.


Selecção de andebol prepara
jogos com o Brasil


A selecção nacional sénior feminina de andebol começou a trabalhar quarta-feira no campo do Catetão, em Luanda, visando os três jogos de preparação frente à similar do Brasil, tendo em conta a sua participação no campeonato mundial da Sérvia, a disputar-se de 5 a 22 de Dezembro. Os encontros com as brasileiras (quinta colocada do mundial de 2011), previstos para os dias 22 e 27 do corrente, visam potenciar o sistema defensivo e montar ataques rápidos que garantam a luta para a melhoria do oitavo lugar ocupado na edição transacta no Brasil, segundo informou o técnico-adjunto Edgar Neto.