Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleces abrem oficinas para o Africano da Arglia

lvaro Alexandre - 08 de Outubro, 2013

Angola ambiciona recuperar o ttulo africano de juniores com Vanderson Dias e Cristiano Aguiar na cidade capital da Arglia

Fotografia: Jornal dos Desportos

As Selecções Nacionais de Juniores em ambos os sexos começam a preparar hoje às nove horas, na sala de jogos da Escola Macovi Popular, a participação nos Campeonatos Africanos de Xadrez de Sub-20, de 24 deste mês a 2 de Novembro, na cidade de Argel.

Em função da data do início da competição, as duas selecções têm pouco tempo de preparação.

O seleccionador nacional, Francisco Andrade vai aproveitar o curto espaço de tempo para dedicar a preparação na correcção de acções pontuais. “Temos pouco tempo para realizar uma preparação detalhada. Neste curto espaço de tempo vamos tratar da estratégia de jogo e finais de partidas”, definiu.

O seleccionador nacional avançou que está a preparar um grupo capaz de lutar pela recuperação do título conquistado em 2010, pelo Mestre Internacional Erikson Soares, na cidade sul-africana de East London.

“Em 2011 não houve africano. No ano transacto o Mestre Internacional Erikson Soares foi destronado pelo Mestre Fide Shereil Ismail, de nacionalidade egípcia. A nossa intenção é recuperar o título do continente. As nossas apostas vão para Vanderson Dias (1º de Agosto), campeão nacional de juniores, e Cristiano Aguiar (Académica de Lobito), sétimo classificado do Nacional Absoluto Individual de 2013”, previu.

Para a operação Argel, o seleccionador nacional começa a trabalhar hoje com as xadrezistas Esperança Caxita (Macovi Popular) campeã nacional de seniores; Domingas Tavares (Macovi Popular) campeã nacional de juniores; Delfina João (Macovi Popular) campeã nacional de juvenis; e Maria Domingos (Macovi Popular) campeã provincial de juniores.
Em masculino o grupo é composto por Vanderson Dias (1º de Agosto), Cristiano Aguiar (Académica de Lobito), Candidato a Mestre, Sílvio Famoroso (Progresso do Sambizanga), David Silva (Progresso do Sambizanga) e Edivaldo Gama (Núcleo da Vila Alice).

Para além de Angola disputam a prova as selecções da Argélia (anfitriã), Egipto (campeã), Tunísia, Líbia, Marrocos, Sudão, Africa do Sul, Zimbabwe, Zâmbia, Botswana, Moçambique e Angola.