Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleces esto em Luanda

Silova Cacuti - 21 de Setembro, 2015

Seleces Nacionais cumpriram objectivos nos XI Jogos Africanos competio que terminou no limo sbado no Congo Brazzaville

Fotografia: Paulo Mulaza

As Selecções Nacionais seniores de andebol, ouro feminino e prata masculina dos 11ª Jogos Africanos disputados até 19 do corrente no Congo - Brazzaville, foram ontem recebidas em apoteose, por membros da Federação Angolana de Andebol (Faand), adeptos e amantes da  modalidade. As duas Selecções Nacionais cumpriram os objectivos a que se propuseram nos jogos, cada uma repetiu o feito da edição anterior dos jogos.

A selecção feminina venceu na final do torneio, a selecção dos Camarões por 33-29, com uma igualdade de 14 golos, no intervalo. A Selecção Nacional precisou de prolongamento, já que ao cabo do tempo regulamentar empatava a 28 golos.  Elizabeth Viegas, a marcar (8 golos) e Teresa Almeida "Bá", na baliza onde interceptava todas as bolas para aí arremessadas, foram as heroínas da vitória, ante o susto que Camarões pregou aos angolanos presentes.

Na classe masculina foi Angola a protagonizar o espanto ao forte Egipto. A vitória sobre o gigante do Magrebe esteve por um fio. A dez segundos do tempo regulamentar, com placard empatado a 20 golos, Angola não concretizou o ataque que tinha e forçou o prolongamento, onde a melhor condição física dos egípcios foi chamada. Angola perdeu a final por 23-25, mas vencia ao intervalo por 13-12.

As duas selecções nacionais, tal como todas as que corporizaram a missão angolana aos jogos, não beneficiaram de estágios pré-competitivos. O técnico João Florêncio comandou a equipa feminina, enquanto Filipe Cruz dirigiu a selecção masculina na conquista da segunda medalha de prata consecutiva dos Jogos Africanos.

VALORIZADO ESFORÇO
NO MASCULINO


A conquista da medalha de prata, dos jogos africanos pela Selecção Nacional sénior masculina de andebol, foi ontem considerada como dignificante, por Adérito Cavala, antigo praticante da modalidade. Na abordagem, Cavala releva as condições em que a equipa se preparou no país e a qualidade do adversário que teve na final.

“O desempenho da equipa masculina foi muito bom. Perder por dois golos com o Egipto e ainda mais, depois de um prolongamento, podemos dizer que é um grande resultado e demonstra algum crescimento da nossa rapaziada. Os rapazes foram dignos vencidos”, frisou.

Adérito Cavala, que se tinha candidatado à presidência da Associação de andebol de Luanda, refere que os louros deste feito são da equipa técnica e atletas, sem descurar o trabalho  desenvolvido pela Federação Angolana de Andebol.

“Reconhecemos o esforço, que o órgão reitor da modalidade tem feito para manter em alto nível, o desempenho das selecções nacionais. Mas temos de felicitar a equipa técnica e os atletas, em particular, por terem demonstrado raça ao longo de toda preparação e conseguirem dignificar as cores do país”, comentou.

BASQUETEBOL
Sporting do Bié
espreita BIC Basket

A equipa sénior masculina de basquetebol, do Sporting do Bié, está a um passo de alcançar o passe de acesso à I Divisão do Campeonato Nacional, vulgo BIC Basket. Os leões do Bié depois de venceram a Marinha de Guerra de Luanda e à equipa da Casa do Pessoal do Porto do Lobito, têm todas as condições criadas para terminar em primeiro lugar na terceira edição do Campeonato Nacional da II Divisão.

Há duas jornadas do fim, da primeira volta da prova que se desenrola na cidade do Cuito,  a equipa do Sporting tem assegurado o primeiro lugar depois de vencer o Sporting da Catabola por 128-45. Na penúltima jornada, a equipa orientada por Paulo Rufino Príncipe, vai defrontar o Sport Andulo e Benfica, termina a fase regular da prova diante do Benfica do Kunje.

Para a disputar o segundo lugar da fase regular, estão as equipas da Marinha de Guerra e da Casa do Pessoal do Porto do Lobito, que jogam na última jornada. Estas duas equipas, podem  voltar a defrontar-se na fase final, já que o emparceiramento coloca o terceiro a jogar com o segundo e o primeiro com o quarto classificado.

Entretanto, a competição reata hoje, segunda-feira, depois da pausa de ontem. O Sporting de Catabola defronta o Benfica do Cunje, o Recreativo da Jsck  joga com a Casa do Pessoal do Porto do Lobito e o Sporting do Bié enfrenta o Sporting Andulo e Benfica.        
JOÃO CONSTANTINO - Cuito