Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleces acertam a sincronizao de pares simples

lvaro Alexandre - 23 de Agosto, 2018

Os atletas vo estar ocupados na execuo de servios curtos e longos.

Fotografia: Jornal dos Desportos

Observação e correcção de técnicas dominam a fase derradeira do programa preparatório das selecções nacionais de seniores que participam de 3 a 9 do próximo mês dos Campeonatos Africanos a decorrer na cidade de Port Louis, nas Ilhas Maurícias.
O seleccionador nacional Manuel Pimenta disse que \"pouco ou nada\" há para rectificar nessa fase, pois \"a estratégia está montada\".
\"Nesse momento, o registo é satisfatório, embora existam algumas falhas que recebem a pronta correcção\", disse.
Manuel Pimenta insiste na esquematização da táctica até viagem.
\"Nos últimos dias, vamos trabalhar na sincronização dos pares mistos e simples. Os atletas vão estar ocupados na execução de serviços curtos e longos, devolução curta, cortes longos, tomada de iniciativa e multibola\", explicou.
No próximo sábado, a partir das 8h00, no Centro de Alto Rendimento de Angola, os mesatenistas vão realizar uma partida de controlo. Manuel Pimenta disse que vai reunir todos os atletas de boa qualidade para testarem os seleccionados. Estão mobilizados António Lemos (Escorpiões da Boa Fé), Délcio Cassules (Persistentes TecnoServe), Kaylene de Sousa (Esaqualis), Carla Ferreira (Escorpiões da Boa Fé) e Eugénia Simões (Esaqualis).
A selecção nacional sénior masculina é constituída por Elizandro André (Clube Cristo Rei do Lubango), Aléssio Peter (Clube Ponta de Pargo de Portugal), Edvânio Neto (Clube Cristo Rei do Lubango) e Domingos Manuel (Persistentes TecnoServe). A feminina é composta por Isabel Albino (Clube Cristo Rei do Lubango), Ruth Tavares (Clube Cristo Rei do Lubango) e Jerusa Borges (Anglodente).
A delegação angolana embarca para as Ilhas Maurícias no dia 31 do corrente e é chefiada pela presidente da Federação Angolana de Ténis de Mesa (FATM), Antónia Ribeiro. O ex-presidente da FATM, Filomeno Fortes, vai também participar do Africano. O angolano vai disputar o campeonato de veteranos.
Além de Angola, a competição continental conta com as presenças dos mesatenistas do Congo, RDC, Egipto, Nigéria, Ilhas Maurícias, África do Sul e Marrocos.