Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleces podem confirmar hoje presena

ANTNIO FERREIRA - 08 de Fevereiro, 2020

As Selecções Nacionais da Nigéria, França, China, Espanha, Porto Rico e Canadá podem hoje, em caso de triunfo, assegurar a qualificação aos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Nos torneios femininos de basquetebol que decorrem em três países, mormente na Bélgica, França e Sérvia, o sábado será decisivo para duas mãos cheias de países, a tentarem atingir tal desiderato.
Com os EUA, campeãs do Mundo FIBA 2018 e o Japão qualificados automaticamente e fora de qualquer cogitação, as restantes dez (10) selecções pelejarão por um lugar em Tóquio.
Em Belgrado, a entrada da segunda jornada, Nigéria e EUA lideram o respectivo grupo, ambas com 2 pontos, vindo depois a Sérvia e Moçambique. Na abertura, a Nigéria e os EUA venceram Moçambique e Sérvia, por 85-51 e 88-69, respectivamente.
Neste agrupamento, a Nigéria precisa de mais uma vitória para garantir a passagem ou, no mínimo, esperar que os EUA vençam Moçambique. Outro cenário seria uma derrota por mais de 33 pontos no jogo com a  Sérvia, selecção que terá de esperar até a última jornada para definir o seu rumo, a igual que Moçambique.
A Espanha e a China também estão a uma vitória do sonho olímpico, bastando que a Grã-Bretanha e Coreia do Sul percam os seus prélios. Tudo mais fácil para a Espanha que também atinge a qualificação em caso de derrota ou vitória da Grã-Bretanha, o mesmo sucedendo a China que mesmo a depender de terceiros, até pode dar-se ao luxo de perder e ainda assim assegurar uma das vagas.
Grã-Bretanha e Coreia do Sul têm tarefas difíceis e só um acidente dos potenciais candidatos poderá reacender a luta pela qualificação. Na primeira jornada, a Espanha e a China derrotaram a Coreia do Sul e a Grã-Bretanha, por 84-46 e 86-76, respectivamente.
Em Ostende, Japão e Canadá começaram com triunfos. O Japão está qualificado na qualidade de país organizador, deitando o Canadá de calculadora na mão, já que necessita de apenas mais triunfo. As canadianas também se classificariam com uma derrota de mais de 4 pontos, se o Japão vencesse a Bélgica.
Outrossim, a cidade francesa de Bourges, a anfitriã França necessita de uma vitória para garantir a passagem olímpica ou esperar que Porto Rico derrote a Austrália e, aí sim, as “Blues” percam por mais de 8 pontos diante da Austrália.
Na ronda inaugural, Porto Rico venceu o Brasil, por 91-89, resultado após prolongamento, já que no tempo regulamentar registava-se uma igualdade a 83 pontos. A França venceu a Austrália por 72-63. Brasil-França e Porto Rico-Austrália são os jogos de hoje.