Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco de trampolim desiste do Loul Cup

Rosa Napoleo - 04 de Outubro, 2018

Angola arrebatou 60 medalhas no Egipto e 46 medalhas na Nambia, em 2016

A Selecção Nacional de Ginástica de Trampolim abdicou da intenção de competir no Torneio Internacional de Loulé Cup, agendado para os dias 6 a 18 deste mês, no Algarve, Portugal, por incompatibilidade na agenda de competições. O conjunto, que se manteve em estágio no Centro de Alto Rendimento de Malanje, por mais de dois meses, sob o comando do técnico Agostinho Sungo, vai ajustar-se para o Campeonato Mundial por Idades  a decorrer em Novembro, no Azerbaijão.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, o presidente da Federação Angolana de Ginástica, Auzílio Jacob, disse que a equipa está a  reservar-se para o Mundial por ser o foco principal da modalidade.
\"Tivemos contratempos no que diz respeito às datas. O Loulé Cup decorre este mês em Novembro e temos o campeonato do mundo por idades e os Jogos da Região 5. Para não sobrecarregar os atletas com duas saídas, no mesmo mês, pensamos abdicar da prova de França para nos concentrarmos no mais importante: o Mundial\", justificou.
Auxílio Jacob falou dos objectivos do conjunto nacional.
\"A especialidade de trampolim  está a evoluir bastante, resultante do trabalho bem elaborado pelos nossos treinadores. Já podemos dizer que temos atletas capazes de nos representar e trazer medalhas como se constatou nas provas anteriores\", disse.
A ginástica nacional comporta as disciplinas de rítmica, tumbling, trampolim, artística e aeróbica. É a detentora de um rico histórico em África: é a terceira potência do continente, depois da África do Sul e do Egipto. Angola arrebatou 60 medalhas no Egipto e 46 medalhas na Namíbia, em 2016.