Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco embarca para Zonal da Zmbia

?lvaro Alexandre - 07 de Junho, 2017

Mestre Adrito Pedro o jogador angolano com maior Elo internacional

Fotografia: Jornal dos Desportos

A delegação angolana parte com o pensamento de conquistar o título, segundo o secretário geral da Federação Angolana de Xadrez, Manuel Pedro.

\"Vamos à Zâmbia para corrigir os erros cometidos no ano transacto nas Ilhas Maurícias. Do arquipélago, trouxemos as medalhas de prata e de bronze através do Mestre Internacional (MI) Erickson Soares e Mestre Fide (MF) Domingos Paulino. Na Zâmbia, queremos muito mais. O nosso objetivo é a medalha de ouro e assegurar a presença no Campeonato do Mundo\", disse.

O Mundial está marcado de 2 a 28 de Setembro, na cidade de Tbilisi, Geórgia.
Para alcançar a medalha de ouro, o país apostou no MI Adérito Pedro (1º de Agosto), MF Manuel Alberto (Escola de Xadrez de Viana), MF Domingos Paulino (Escola de Xadrez de Viana), CM João Júlio (Escola de Xadrez de Viana) e MI Maria Domingos (Progresso Sambizanga).

A delegação de Angola é chefiada por António Assis, vice-presidente da Federação Angolana de Xadrez, e Manuel Pedro, secretário geral da FAX.

Os angolanos enfrentam adversários com Elo elevado, tais como o MI Daniel Cawdery (África do Sul), MI Robert Gwaze (Zimbabwe), MI Andrew Kayonde (Zâmbia), MI Daniel Jere (Zâmbia), GM Kenny Solomon (Africa do Sul), MI Chitumbo Mwali (Zâmbia), MI Stanley Chumfwa (Zâmbia), MI Gillan Bwalya (Zâmbia), Geoffrey  Luanja (Zâmbia), MI Richmond Phiri (Zâmbia), MI Providence Oatlhotse (Botswana) e MI Kelvin Chumfwa (Zâmbia).

Conta ainda com as participações do xadrezista Spencer Masango (Zimbabwe), CM Barileng Gaealafshwe (Botswana), MF Matt Pon (África do Sul), Judah Simulundu (Zâmbia), CM Musatwe Simutowe  (Zâmbia), CM Lyndon Bouah (África do Sul), Prince Daniel Mulenga (Zâmbia), Kennedy Katowa (Zâmbia), CM Tebogo Pitlagano (Botswana), CM Roland Bezuidenhout (África do Sul), Ndawana Mosenya (Botswana), Puso Mabetu (Botswana), CM Persson Abrantes (Moçambique), MF Dante Beukes (Namíbia) e Henry Chambula Ngomi (Zâmbia).

A competição é disputada em nove jornadas. O sistema de jogo aprovado é o suíço e está determinado 90 minutos para efectuar 40 lances.