Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco esboa defesa do zonal IV

Silva Cacuti - 20 de Janeiro, 2018

Fotografia: Santos Pedro | Edies Novembro

A Selecção Nacional de boxe concentra-se hoje às 08h00, na sede da Federação Angolana de Boxe (Faboxe), para definir as estratégias que visam a defesa do título da Zona IV, durante o campeonato que se disputa de 20 a 25 de Fevereiro na cidade de Maputo, Moçambique.
O objectivo passa pela defesa do título regional, segundo Carlos Luís, presidente da Federação Angolana de Boxe.
Para a reunião com a direcção técnica da Faboxe foram convocados dois atletas, em cada categoria, com realce para a inclusão de Kiala Júnior (81kg), Cadima Ladick (91kg) e Simão Mavungo (+91) que substituem Menayame Mbimbe, Tumba Silva e Carlos Masya.
O trio Menayame Mbimbe, Tumba Silva e Carlos Masya fez parte da selecção nacional que conquistou o Zonal IV disputado em 2017 na cidade do Lubango, Huíla, mas abandonou a equipa nacional quando foi enviado à Alemanha, para representar o país no mundial de Hamburgo.
A convocatória de 19 atletas tem só um atleta que actua no exterior do país, Adilson Ramiro, que regressa depois de  representar o país nos Jogos Africanos de Brazzaville, em 2015. Outros nomes novos são, Fonseca Guelor, Evanilson Rocha, Fernando Calunga, Alino Massamba, João Gomes, Cadima Sequeira e Morais Orlando. A selecção nacional vai trabalhar sob comando do cubano Enrique Carrion.
O zonal de 2017 foi disputado por atletas de Angola, Zimbabwe e África do Sul.Raimundo Vidal (75kg),  Nafitali Goma (69kg), Carlos Masya (91kg), Menayame Mbimbi (81kg), Francisco Gomes (60kg), Manuel André (56kg), Miguel Kembo (49kg e Evanilson Rocha 852kg) sagraram-se campeões da Zona IV, na cidade do Lubango.     


Boxe/Zonal
Interclube domina lista da pré-Selecção


Com nove pugilistas, o campeão nacional Interclube é o maior fornecedor de integrantes da pré-Selecção Nacional de boxe, para o Campeonato Africano da Zona 4 que se disputa de 20 a 25 de Fevereiro, na cidade de Maputo, República de Moçambique.
De acordo com a convocatória da Federação Angolana de Boxe (FABOXE),  que a Angop teve acesso na  quinta-feira, em Luanda, a seguir à formação da “polícia” está o Electro do Lobito, com quatro, ENDE tem dois, o Signo de Ouro tem o mesmo número, África Golfe II com um, assim como Adilson Ramiro, proveniente da Rússia.
Destes, a chamada pela primeira vez dos pugilistas Nuno Ribeiro, Fernando Calunga (52 Kg), Fonseca Gueló (60), Cadima Sequeira (64), Morais Orlando (69), Cadima Ladick (91) e Simão Mavungo (+91), pelo treinador cubano, Henrique Carrion.
As equipas do Signo de Ouro, ENDE e Golfe II são as mais recentes nas competições internas.                     
Com um total de 19 atletas, das categorias de 49 a +91 Kg, o documento refere que os convocados devem apresentar-se hoje na sede da FABOXE a partir das 08h00, com passaportes, bilhetes de identidade, seis fotografias (tipo passe) e comprovativos da situação militar regularizada.                
Angola é o detentor do título da prova da região da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC). O feito ocorreu na província da Huíla, em Abril de 2017.Na competição da cidade do Lubango, os nacionais arrecadaram cinco medalhas de ouro, três de prata e uma de bronze, que garantiu a consagração regional, principalmente, nos pesos superiores.             
Ainda sobre o Campeonato da Zona, cerca de 100 participantes de oito países da SADC, podem marcar presença em Moçambique.
O evento apura os países para Taça de África, agendado para Setembro, na Costa do Marfim.  
Lista de convocados: Miguel Kembo, Evanilson Rocha (49 kg), Nuno Ribeiro, Fernando Calunga (52), Vivaldo Rodrigues (56), Interclube, Alino Massamba (56), Electro do Lobito, Francisco Gomes (60), Inter, Fonseca Gueló (60), Signo de Ouro, João Gomes (64), ENDE, Adilson Ramiro (64), Rússia, Cadima Sequeira (64), África Golfe II, Pamelo Salakiaku (69), Electro, Nafital Goma (69), Signo de Ouro, Morais Orlando (69), Inter, Henrique Lando (75), Electro, Raimundo Gaieta (75), Kiala Júnior (81), Cadima Ladick (91), Electro, e Simão Mavungo (+91), ENDE.