Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco militar foi homenageada

23 de Dezembro, 2016

Geraldo Sachipengo Nunda, recebeu segunda-feira a Taa conquistada por judocas militares num torneio no Brasil.

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas, Geraldo Sachipengo Nunda, recebeu segunda-feira a Taça conquistada por judocas militares num torneio no Brasil.

A cerimónia ocorreu no seu gabinete, em Luanda, quando recebia a selecção militar de judo vencedora do campeonato brasileiro Liga Nacional de Judo, realizada em Novembro passado.

O “capitão” da selecção militar de judo, Jorge Miguel, fez a entrega do troféu do evento que decorreu de 25 a 27 de Novembro em Brasília na cidade do Rio Grande do Sul, e contou também com a participação do Chile, além do país organizador.

A actividade que decorreu do ano em curso no Ginásio Desportivo Farezão na cidade de Santa Maria no Estado Rio grande do Sul. Ao dirigir-se aos atletas, o responsável máximo das Forças Armadas Angolanas salientou o desempenho destes, que resultou na conquista da prova ao que foram convidados pelo país lusófono.

“Em nome da direcção das FAA, do Comandante em Chefe e de Sua Excelência Ministro da Defesa, gostaríamos de transmitir as nossas felicitações pelas medalhas conquistadas porque isso honra o nosso País a nossa bandeira e de uma forma particular as FAA”.

Recordou que as FAA desenvolvem muitas actividades, e neste caso particular as actividades desportivas “constituem um viveiro para um desporto de alta competição e vocês deram mostra de que isto é possível”.

A Liga Nacional de Judo é um campeonato que já vai na sua 16ª edição e Angola participou pela primeira vez a convite da organização. A delegação angolana foi constituída por cinco atletas um fisioterapeuta; chefe da delegação e um elemento da imprensa militar, designadamente Armindo Manuel Pedro, Jorge Engrácia Miguel, Antunes Sebastião Vunje; Teca Fernando Boco; Wilson Bimbi; Lorivaldo Catanha; Balduíno Fusga e Alberto Evaristo Madureira.

Angola venceu entre outras nas categorias dos -60kg, -66kg, -73kg e -81kg individual e Interclubes (open maiores).

A nível internacional a Liga Nacional de Judo Brasileira é filiada à União Pan-americana, mais antiga entidade de administração de judo nas américas, e à Federação Mundial da modalidade. 

Em declarações à imprensa, o treinador da selecção militar, Osvaldo Domingos, destacou o apoio prestado pela direcção das FAA na preparação.

“As Forças Armadas foram bem representadas e Angola em geral esta de parabéns. O trabalho aturado assim como as dificuldades de ordem conjuntural fizeram de nós uma equipa coesa para o êxito da competição e estamos todos de parabéns”.

Por seu lado, Miguel Jorge considerou “difícil” por ter sido s primeira participação.

“Mas, como atleta estamos sempre preparados, como militar a responsabilidade e maior em representar sempre bem a nossa Pátria angolana”.

De acordo com o “capitão” de equipa, a conquista da taça em território brasileiro “é mostra da característica dos militares angolanos quando participam em missões internacionais”.

Acrescentou que a palavra de ordem no seio dos militares, é “tornar o impossível em possível e vencer sempre para elevar o nome de Angola bem alto”.