Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco Nacional prepara Africano

Rosa Napoleo - 13 de Janeiro, 2018

Angolanos podem competir no Campeonato Africano a decorrer em Marrocos

Fotografia: Jose Soares|Edies Novembro

Os aspectos técnicos e tácticos, combinações e melhor execução estão a dominar os trabalhos de preparação da Selecção Nacional de jiu-jitsu tradicional que vai representar o país no Campeonato Africano, a decorrer no próximo mês em Marrocos. O grupo de 12 atletas trabalha também o ne waza, agilidade, velocidade, concentração e força muscular há três semanas no pavilhão da Cidadela Desportiva.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, o técnico João Lasa, também conhecido por Mestre Yamachita, disse que o grupo está constituído por melhores atletas do país.
\"Estamos reunidos a trabalhar para este objectivo há quatro semanas. Os treinos fazem parte do nosso dia-a-dia. Tivemos o cuidado de seleccionar os melhores atletas. Acreditamos que podemos fazer um resultado satisfatório para o país\", disse.O técnico lamentou as más condições de trabalho à disposição, mas ainda assim, assegurou que os atletas estão motivados para a competição.
\"Estamos a treinar sem grandes condições. Estávamos no Kilamba, agora, passamos para a Cidadela Desportiva. Como temos a força de vontade, vamos ultrapassar as dificuldades\", prometeu. 
Os treinos técnicos alternam com os psicológicos de resistência e condição física. Exercícios abdominais, dorsais, agachamentos, flexões e corridas completam o \"menú\" do dia.
Trabalham os atletas Faustino Ngudi (campeão africano, -56 kg, em 2015, na África do Sul), Joel Kiala (-62 kg), António Domingos (-69 kg), Banino Kianga (-77 kg), Malona Faustino (-85 kg), Dianvuto Sango (campeão africano, -94 kg, em 2014, na Tunísia), Denilson Lopes (56 kg), Ismael António (-62 kg), Makito Paxe (-69 kg), Bondo Pascoal (-85 kg), Medo Pedro (-77 kg) e Manuel Mulamba (-94 kg).
A especialidade de Jiu jitsu brasileirom que já tem historia nas competições africanas com a conquista de várias medalhas, também vai estar presente na competição. A lista dos atletas convocados vai ser divulgada a qualquer momento pela direcção de Flávio Cardoso.
A Federação Angolana de Jiu Jitsu trabalha nas questões burocráticas, mormente, encontrar patrocinadores para financiar a deslocação e a estadia das delegações.