Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco perde voo para o estgio na Arglia

Silva Cacuti - 09 de Janeiro, 2020

Perda de voo subverte agenda do Seleccionador Nelson Catito

Fotografia: JOS COLA

A selecção nacional sénior masculina de andebol, também designada por “Guerreiros”, apenas hoje segue viagem para Argel, Argélia, onde pretendia estagiar desde ontem, segundo informação prestada por António Santos “Sales”, director executivo da Federação Angolana de Andebol. Angola prepara-se para disputar, de 16 a 25 do corrente, o Campeonato Africano em Rades, Tunísia, onde a ambição passa por repetir ou melhorar o terceiro lugar obtido na última participação.
Uma desatenção dos serviços da Federação fez com que a equipa nacional se apresentasse no Aeroporto, 24 horas depois da data marcada para a viagem. Em consequência do imbróglio, a equipa não treinou ontem e a Federação procura alternativa para que Catito e pupilos não fiquem o dia de hoje na ociosidade.
“Hoje (ontem), não temos nada a fazer; perdemos o dia. Estamos a criar as condições para que a equipa trabalhe amanhã, data em que prevemos o embarque. O nosso técnico trabalha com a agência, para a remarcação da viagem”, disse.
A preparação da equipa nacional tem sido atribulada desde o arranque a 18 de Dezembro último. Primeiro foi a saída do anterior treinador, Filipe Cruz, que acabou substituído por Nelson Catito. Pelo meio, houve uma sessão de treinos inviabilizada pelas enxurradas que se abateram sobre a cidade capital.
A selecção nacional previa começar hoje a efectuar um ciclo de três ou quatro jogos com equipas argelinas, antes de partir para Rades. Até ontem eram desconhecidas as equipas que a selecção nacional vai defrontar em Argel.
A nossa reportagem tentou, sem sucesso, ouvir Nelson Catito sobre as repercussões deste adiamento da viagem ao estágio.
A selecção nacional vai jogar a fase preliminar do Campeonato Africano de Rades inserida no grupo preliminar B, juntamente com as selecções do Gabão, Líbia e Nigéria. Na abertura do grupo, a selecção vai defrontar a Nigéria.