Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco teve prestao possvel

Silva Cacuti - 16 de Dezembro, 2016

O presidente da Federao Angolana de Boxe, Carlos Lus, entende que a prestao teria sido melhor se houvesse melhores condies de preparao da equipa.

Fotografia: M.Machangongo

No rescaldo à participação da Selecção Nacional de boxe no torneio dos sétimo Jogos da Zona V, o presidente da Federação Angolana de Boxe, Carlos Luís, entende que a prestação teria sido melhor se houvesse melhores condições de preparação da equipa.

Falando à margem da cerimónia de outorga de medalhas do torneio, disse: "Foi uma participação possível, tendo em conta que não houve condições para realizar uma preparação adequada, associado a má fé dos árbitros, o que não permitiu que se alargasse o leque de medalhas arrecadadas. De qualquer forma, chegamos ao pódio e isto é importante".

Naftali Goma, atleta do Cabinda Sport Clube, obteve a única medalha de ouro, enquanto Jonatão Kakutalua obteve a de prata. Angola conquistou ainda duas medalhas de bronze.

Sobre o facto de mais um atleta cabindense ter logrado uma medalha de ouro da zona, depois de Gregório Capita, Simão Muanda, Panda Lucumbi e Alfredo Sassa, o responsável lamentou que a província tenha ficado muito tempo afastada das provas da Faboxe. Saudou o ressurgimento de atletas campeões naquela província e prometeu para breve uma visita à província.

"Estive oito anos fora do boxe. Quando saímos, deixámos o boxe em Cabinda bem encaminhado. Quando regressámos, dissemos claramente que Cabinda estaria na nossa agenda. Sempre que temos provas, fazemos esforços de trazer esses jovens. Aí está o primeiro resultado", disse emocionado.

Carlos Luís assegurou que se desloca brevemente a terra mais a Norte de Angola para avaliar as condições técnicas de treinamento.

"Vamos em breve visitar Cabinda, levar algum material e também estudar a possibilidade de colocarmos um treinador de alto nível, pelas grandes potencialidades", prometeu.

A Selecção Nacional ficou na terceira posição do quadro geral de medalhas, atrás da África do Sul e da Namíbia. O torneio de boxe juntou representantes de todos os países componentes da região 5 da União Africana.