Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Serena elege Kerber como tenista do ano

17 de Outubro, 2016

Tenista norte-americana considera actual número um a melhor tenista de 2016

Fotografia: AFP

Maior vencedora de Grand Slams da história, empatada com Steffi Graf em 22 títulos, Serena Williams é uma das maiores jogadoras do ténis mundial. Nesta temporada, a norte-americana enfrentou problemas físicos, e viu a alemã Angelique Kerber tomar o seu posto na liderança do ranking mundial. Contudo, Serena não vê problemas em reconhecer os feitos da adversária.

Numa rede social, a WTA perguntou aos fãs quem é a jogadora do ano. Para surpresa geral, Williams comentou a publicação e votou em Kerber.Nesta temporada, Serena e Angelique disputaram duas finais de Majors: Open da Austrália e Wimbledon. Enquanto a alemã foi melhor em Melbourne, a norte-americana não deu chances em Londres.As tenistas não escondem a amizade. Na cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Serena e Kerber encontraram-se após a entrada da delegações de seus países, e não esconderam o carinho de uma pela outra, retratado por Williams numa rede social.

ELIMINADA

Entretanto, a tenista alemã Angelique Kerber, actual número um do ranking WTA, foi na sexta-feira eliminada nos quartos-de-final do Open de Hong Kong, na China, pela australiana Daria Gavrilova, 38.ª classificada mundial.Com a possibilidade de ser destronada do primeiro lugar, Angelique Kerber lamentou a falta de qualidade do seu jogo, argumentado que precisa de repouso."Não joguei o meu melhor ténis, o meu serviço não funcionou e, seguramente, não estive ao meu melhor. Tem sido uma época longa e preciso de alguns dias de descanso para preparar o torneio de Singapura", justificou a germânica.

WTA DE HONG KONG
Wozniacki derrota francesa e factura título

Caroline Wozniacki, ex-número 1 do mundo e actual 22ª do ranking, sagrou-se campeã do WTA de Hong Kong, disputado na China. A dinamarquesa venceu a francesa Kristina Mladenovic (54ª) por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 6/7 (7-4) e 6/2, após duas horas e 40 minutos de duelo. Na parcial decisiva, Caroline aplicou três breaks, enquanto Kristina conseguiu apenas um. A dinamarquesa administrou a vantagem e garantiu o segundo título de sua temporada e o 25º de sua carreira.

MASTERS DE XANGAI
Andy Murray conquista terceiro troféu

Na manhã de ontem, Andy Murray, vice-líder do ranking mundial, não deu chance à zebra e sagrou-se tricampeão do Masters 1000 de Xangai, na China. Na decisão, o britânico venceu o espanhol Roberto Bautista Agut, 19º da ATP, por 2 sets a 0, com parciais de 7-6 (7-1) e 6/1. Com o empate em 6/6 no marcador, a decisão foi para o tie-break. Superior, Murray não deu chances ao espanhol, que marcou apenas um ponto.
Com o título, Murray chega ao tricampeonato em Xangai, onde também se sagrou campeão em 2010 e 2011.