Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Serena Williams volta às quadras

27 de Novembro, 2015

A número 1 do mundo vai estar acompanhada de Caroline Wozniacki

Fotografia: AFP

Fora das competições desde a derrota na meia-final do US Open, em Setembro, Serena Williams disputa uma partida de exibição nesta quinta-feira. A número 1 do mundo estará acompanhada de Caroline Wozniacki, uma de suas melhores amigas no circuito, apesar da diferença de idade de quase dez anos. Elas se enfrentam no Jyske Bank Boxen em Herning, na Dinamarca.

"Eu estive ansiosa para este dia durante muito tempo", disse a anfitriã Wozniacki. "Já se passaram três anos desde o meu último jogo na Dinamarca, e enfrentar uma amiga como a Serena aqui é um sonho tornado realidade", acrescentou a dinamarquesa que era a grande estrela do WTA de Copenhague, que era disputado entre 2010 e 2012, com dois títulos e um vice-campeonato.

Serena joga uma competição na Dinamarca pelo segundo ano seguido, já que em 2014 fez uma partida contra Ana Ivanovic. "Eu estava ansiosa para visitar Herning novamente," comentou Williams. "Eu me diverti muito a jogar aqui no ano passado, então quando eu tive a oportunidade de vir para cá com Caroline eu disse sim imediatamente"


As duas jogadoras ficaram muito próximas nos últimos anos, especialmente no período em que Serena esteve afastada das quadras em 2011 por problemas de saúde, e já em 2014 depois que Wozniacki teve o noivado encerrado de forma repentina. Por conta da amizade, Serena até brinca com a situação de se manter em contacto com a dinamarquesa.

"Estivemos a brincar que eu vou seguir Caroline pelo circuito quando eu parar de jogar", disse sorrindo a número 1 do mundo. "Ficarei no box dela ou talvez até mesmo treinar a Caroline!".

Haverá ainda uma partida de duplas masculinas na abertura da programação. Será um duelo entre campeões de Wimbledon, com a dupla número 1 do mundo de Jean-Julien Rojer e Horia Tecau enfrentando os vencedores de 2012 Frederik Nielsen e Jonathan Marray.


Serena lamenta
morte da cadela


A tenista americana Serena Williams, número 1 do mundo, lamentou, através das redes sociais, a morte da cadela Jackie, que nasceu duas semanas antes do primeiro título de Grand Slam, o US Open de 1999.

"Estava bem até poucos dias atrás, quando piorou. Nesta manhã, entendi que precisava ser valente e deixá-la ir", lamentou Serena, em vídeo postado no Snapchat.

Dona de 21 títulos de Grand Slam, a norte-americana entrou de férias antes da disputa do WTA Finals, que reuniu as oito melhores atletas da época, por causa de lesão. Nos últimos dias, a imprensa dos Estados Unidos chegou a especular que Serena estava grávida do primeiro filho, o que a tenista não desmentiu. Outras fontes, no entanto, não confirmaram a versão.