Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Sergei Bubka é candidato ao COI

29 de Maio, 2013

Actual presidente do Comité Olímpico Ucraniano bateu 35 recordes enquanto atleta

Fotografia: AFP

O ucraniano Sergei Bubka, antigo atleta de salto à vara, anunciou ontem a candidatura à presidência do Comité Olímpico Internacional (COI), tornando-se o sexto candidato para suceder o belga Jacques Rogge. "Após uma longa reflexão, decidi avançar para a eleição à presidência do COI.

Estou completamente ciente dessa responsabilidade e da dificuldade que cada membro da entidade enfrenta para decidir quem é o melhor para liderar o movimento olímpico nos próximos anos", afirmou Bubka à imprensa ucraniana, garantindo ainda compreender "todas as responsabilidades que acompanham o trabalho". “Tenho a certeza de que as minhas experiências anteriores me deram uma base forte para trabalhar com vocês e liderar essa grande organização pelos próximos desafios”, continuou.

Bubka, 49 anos, é actualmente presidente do Comité Olímpico da Ucrânia e vice-presidente da Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF), conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Seul, em 1988, pela antiga União Soviética, além de seis títulos mundiais e 35 recordes mundiais. Como atleta participou de cinco Jogos Olímpicos.

Faz ainda parte do Comité Olímpico Internacional. Entre 2000 e 2008, esteve na comissão de atletas da entidade. O ucraniano junta-se ao alemão Thomas Bach, Ng Ser Miang, da Singapura, Wu Ching-kuo, do Taiwan, o porto-riquenho Richard Carrion e o suíço Denis Oswald, como candidatos à presidência do COI. A votação decorre no dia 10 de Setembro, em Buenos Aires, para conhecer o substituto de Jacques Rogge.

Além de definir o novo presidente, o COI anunciar a cidade que vai albergar os Jogos Olímpicos de 2020. A disputa está entre Madrid (ESP), Istambul (TUR) e Tóquio (JAP).