Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Servios de Emergncias Mdicas descuram " Provincial"de Luanda

19 de Junho, 2013

Na Categoria dos 1500cc, o grande vencedor foi Yane Oliveira Busha, seguido de Alfredo Xilola.

Fotografia: Jornal dos Desportos

As sistemáticas falhas dos Serviços de Emergências Médicas nas provas do campeonato provincial de motocrosse deixam desapontado o presidente da Associação Provincial de Motocross de Luanda, Alfredo Pitra. O responsável associativo manifestou, ontem, a sua tristeza, quando abordou a preparação da quinta jornada da competição. Com um semblante de homem preocupado, Alfredo Pitra questionou as razões que levaram as Emergências Médicas a negligenciarem as suas obrigações por mais de duas vezes consecutivas, mesmo depois de reiterar apelos àquela instituição de saúde pública.

Alfredo Pitra manifestou o seu desalento para com os responsáveis das Emergências Médicas, na medida em que os jovens pilotos e o público foram entregues à sua sorte, numa actividade de carácter social. Pitra desabafou que “não podia respirar à-vontade durante três jornadas sem os técnicos de saúde, com o circuito a registar grande moldura humana”. Para o seu alívio, “felizmente, não aconteceu qualquer problema”.

O presidente da Associação de Luanda sublinha, por outro lado, o excelente serviço prestado pela Polícia Nacional. Pitra frisou que “tem cumprido com o seu papel, pelo que as demais instituições deviam seguir o seu exemplo na conjugação de esforços em prol de uma sociedade cada vez melhor”.
A quinta jornada do “Provincial” de Luanda teve lugar sábado último no circuito do Gamek, em que o vencedor da categoria dos 250cc foi o piloto do Tem Ordel, Zé Cazenga, seguido de Toito, ao serviço do Team Sistec, e o individual Garcia Silva “Bumbo”. Na Categoria dos 1500cc, o grande vencedor foi Yane Oliveira “Busha”, seguido de Alfredo Xilola.
HÉLDER JEREMIAS