Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Sharapova falha US Open

23 de Agosto, 2013

Tenista russa é a número três do mundial e era uma das favoritas à conquista do troféu que vai esdtar em jogo a partir de segunda-feira

Fotografia: AFP

A russa Maria Sharapova, terceira jogadora mundial e vencedora em Flushing Meadows em 2006, vai falhar a edição 2013 do US Open em ténis devido a lesão, anunciou quarta-feira a organização do torneio do “Grand Slam”.

“Maria (Sharapova) informou-nos que não é possível participar este ano no US Open em razão de uma inflamação no ombro direito”, avançou, em comunicado, o director da prova, David Brewer.

Na semana passada, a russa colocou um ponto final na sua colaboração com o ex-tenista norte-americano Jimmy Connors, depois de apenas um mês e um torneio (Cincinnati, onde perdeu na primeira ronda com a anfitriã Sloane Stephens). Sharapova, de 26 anos, separou-se em Julho de Thomas Hogstedt, o seu treinador desde 2010.

Face à ausência de Sharapova, a organização avançou que a polaca Agnieszka Radwanska passe a terceira cabeça de série e que a russa Anastasia Pavlyuchenkova, que não era uma das pré-designadas, seja a 32.ª.

DECISÃO
Maria Sharapova explicou esta quinta-feira as razões que a levaram a desistir da participação no US Open, último Grand Slam da temporada que se inicia na próxima segunda-feira.“Desistir de participar no US Open foi uma decisão difícil de tomar. Desde Wimbledon que fiz todos os possíveis para estar recuperada mas não tive tempo suficiente. Fiz inúmeros testes, recebi várias opiniões e tudo resume-se em precisar de tempo para recuperar correctamente da lesão no ombro”, afirmou a tenista russa, numa mensagem enviada aos fãs através das redes sociais.

“Certamente, que não foi uma decisão fácil de tomar, pois este é um dos meus torneios favoritos, mas sei que esta é a opção certa para me fazer regressar o mais brevemente possível à competição. Estou a planear passar as próximas semanas a receber o tratamento adequado e a fazer reabilitação. Vou sentir falta de fazer parte deste torneio e mal posso esperar pelo próximo ano”, terminou a número três mundial.


Querrey avança em Winston-Salem

O principal representante dos Estados Unidos no ATP 250 de Winston-Salem, Sam Querrey esteve perto de ser eliminado da competição. Na última quarta-feira, o número 29 do mundo precisou salvar cinco match-points para bater o Jarkko Nieminen por 2 sets a 1, nas parciais equilibradas de 4/6, 7/6 (7-4) e 7/6 (12-10).

Nos quartos-de-final, Querrey vai ter pela frente o lituano Ricardas Berankis, que garantiu a vaga com vitória por duplo 6/3 sobre o espanhol Roberto Bautista.

Outro tenista de Espanha que se mantém em Winston-Salem é Fernando Verdasco. O sétimo cabeça de série passou pelo holandês Robin Haase com triunfo por 2 a 1, em parciais de 6/4, 6/7 (8-10) e 6/3, e enfrenta agora Gael Monfils. O francês precisou de três sets para vencer o quarto cabeça de série Tommy Robredo, da Espanha, com 7/6 (7-2), 4/6 e 6/2.

O compatriota de Monfils, o quinto favorito Benoit Paire caiu por 6/4 e 6/3 diante do austríaco Jurgen Melzer. Na próxima fase, o experiente tenista encara o russo Dmitry Tursunov, responsável pela eliminação do compatriota Alex Bogomolov Jr. por 6/3 e 7/5.

Outro cabeça de série a ser eliminado foi Juan Mónaco. O oitavo favorito foi superado pelo também cabeça de série Alexandr Dolgopolov por 4/6, 6/3 e 6/3. O  ucraniano encara o taiwanês Yen-Hsun Lu, que passou pelo local Steve Johnson com vitória por 6/3 e 6/2.