Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Sharapova rebate acusações

15 de Março, 2016

Sharapova está ansiosa pela decisão da ITF com relação aos registos médicos detalhados

Fotografia: DR

Atenista russa Maria Sharapova rebateu a matéria publicada num jornal e nega ter sido avisada cinco vezes sobre a substância." Uma notícia diz que eu fui advertida cinco vezes sobre a proibição do remédio que eu estava a tomar. Isso não é verdade, nunca aconteceu", começou Sharapova.

"Não estou a dar nenhuma desculpa por nada saber sobre a proibição. Já disse sobre o email que recebi em 22 de Dezembro de 2015. A linha de assunto era 'Principais Mudanças no Programa Anti-doping do ténis por 2016'. Eu devia ter prestado mais atenção. Mas as outras 'comunicações'? Elas estavam escondidas em boletins informativos, sites ou folhetos", continuou.

Ainda na nota, Sharapova exemplificou que um dos emails recebidos continha um aviso sobre a substância. "Em 18 de Dezembro, recebi um email com o assunto 'Players News'. Era um boletim de notícias continha uma série de informações sobre viagens, próximos torneios, rankings, estatísticas, desejos de feliz aniversário e a informação de anti-doping.

Mais uma vez, sem desculpas, mas é errado dizer que eu fui advertida cinco vezes". Além da informação de que tinha sido advertida cinco vezes, Sharapova também rebateu as acusações sobre o tratamento com o Meldonium.

Uma das publicações afirmava que só podia ser feito entre quatro e seis meses. "É claro que o tratamento pode ser repetido duas ou três vezes por ano. Apenas os médicos podem acompanhar e avaliar o estado de saúde do paciente e indicar se ele deve usar o Meldonium por um longo período de tempo. Isso, é exactamente o que eu fiz. Eu não tomava o medicamento todos os dias. Seguia o que o meu médico recomendou e tomava baixas doses recomendadas".

Por último, Sharapova diz-se orgulhosa pela maneira como tem "jogado o jogo". "Tenho sido honesta e aberta. Não vou fingir que estou magoada para esconder a verdade sobre o meu teste. Estou ansiosa pela audiência da ITF (Federação Internacional de Tênis) quando eles receberem os registos médicos detalhados. Espero ser libertada para jogar novamente", completou.


BREVE
Djokovic assusta
frente a Bjorn


O sérvio Novak Djokovic apanhou um susto no início de campanha no Masters 1000 de Indian Wells. No começo da noite de domingo denfrontou o desconhecido norte-americano Bjorn Fratangelo e precisou virar o jogo para alcançar a fase seguinte: venceu com 2 sets a 1, parciais de 2/6, 6/1 e 6/2. O líder do ranking mundial Djokovic iniciou a campanha em Indian Wells já na segunda ronda. O tenista teve como adversário Fratangelo colocado em 149º da lista da ATP e sem vitórias na elite do ténis até o início do torneio na Califórnia. Ele triunfou pela primeira vez ao superar o russo Teymuraz Gabashvili com duplo 6/4.