Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Simes vence torneio Maro Mulher

10 de Março, 2015

O Candidato a Mestre (CM), João Simões, do Grupo Desportivo da EPAL, sagrou-se ontem, na sala de jogo da Escola de Xadrez de Viana João Júlio, Luanda Sul, vencedor do torneio de partidas rápidas “Março Mulher”, disputado por 14 xadrezistas. O grande vencedor do convívio proporcionado por João Júlio, patrono da escola que acolheu o evento, foi o mais eficiente da competição. Em nove oportunidades que teve a frente de um tabuleiro, João Simões venceu sete partidas e perdeu dois pontos, ocupou a primeira posição, com sete pontos.

Os dez minutos da IX e última jornada produziram os seguintes resultados: CM João Simões (EPAL) derrotou Manuel Alberto (Escola de Xadrez de Viana João Júlio), Mestre Internacional (MI) David Silva (Progresso Sambizanga) perdeu para o Mestre Fide (MF) Eduardo Pascoal (EPAL), Jeovani Santos (1º de Agosto) sofreu derrota diante do Francisco Flora(Escola de Xadrez de Viana João Júlio), CM Cambando José (Polivalente Aldanuel) foi batido por Celso Baltazar (Polivalente Aldanuel), Vanderson Dias (1º de Agosto) empatou com João Amaral (Núcleo do IMNE Marista) e Cristóvão Tavares (Escola de Xadrez de Viana João Júlio) venceu Cláudio Félix (Polivalente Aldanuel).

A classificação final foi a seguinte: CM João Simões (7 pontos), Celso Baltazar (6,5), MF Eduardo Pascoal (6,5), Francisco Flora (6,59, MI Adérito Pedro (6), MI David Silva (5), Cláudio Félix (5), Manuel Alberto (4,5), João Amaral (4,5), Vanderson Dias (4,5), Jeovani Santos (39, Cambando José (2,5), Matias Ferreira (2) e Cristóvão Tavares (0).

Na série B do torneio “Março Mulher”, o vencedor foi Geremias Taveira, do Polivalente Aldanuel, com 7 pontos; António Silva, do Cabeto do Cuanza Sul, com 7 pontos; Simão Filipe, da Escola de Xadrez de Viana João Júlio,  com 6 pontos; Yuri José, da Escola de Xadrez de Viana João Júlio, com 6 pontos; e Hélio Matos, da Escola de Xadrez de Viana João Júlio, com 6 pontos.

DESAPAFO
João Júlio indignado com falta de competição

O presidente da Escola de Xadrez de Viana, João Júlio, manifestou a sua indignação devido a falta de competição no país. O grito de descontentamento foi feito ontem, no Luanda Sul, no final do torneio Março Mulher. A continuidade da modalidade está comprometida. “Não havendo torneio, fruto da monotonia provocada pela Federação Angolana de Xadrez e da Associação Provincial de Xadrez de Luanda, o futuro da modalidade está cada vez mais comprometido”, desabafou.

Mediante as disponibilidades do grupo dinamizador da Associação dos Amigos de Xadrez de Angola que tentam colmatar o vazio deixado pelas instituições de direito. “Apercebendo-se do pouco interesse da FAX e da APXL em organizar provas oficiais, como constatou-se com a não realização do Cidade de Luanda (25 de Janeiro), Aniversário da FAX (19 de Fevereiro) e Março Mulher, decidimos cobrir as lacunas deste dois órgãos”, garantiu.

A direcção da Escola de Xadrez de Viana João Júlio e a Associação dos Amigos de Xadrez de Angola têm um projecto para dinamizar a modalidade. O grupo vai promover torneios quinzenais. A iniciativa  foi dada na localidade de Luanda Sul e a próxima localidade vai ser  o bairro Palanca.  A prova está a ser preparada pelo Mestre Fide Catarino Domingos e o Candidato a Mestre Cambando José.  
AA