Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Simons Gerrans triunfa em competio clssica

28 de Abril, 2014

Simons Gerrans (Orica-GreenEdge) tornou-se este domingo no primeiro ciclista australiano a vencer a clássica Liège-Bastogne-Liège em 100 edições, ao chegar isolado à meta depois de um calculista ataque nos quilómetros finais.

Na última das clássicas da Primavera, o veterano australiano, de 33 anos, sobreviveu às muitas quedas que afastaram, entre outros, o campeão do Mundo, o português Rui Costa (Lampre-Merida), e surpreendeu os favoritos, relegando o espanhol Alejandro Valverde (Movistar), vencedor da Flèche Wallone, e o polaco Michal Kwiatkowski (Omega Pharma-Quickstep), vencedor da Volta ao Algarve, para o segundo e terceiro lugares.

Gerrans tornou-se assim o primeiro australiano em 100 edições a vencer aquela que é considerada como um dos cinco “monumentos” do ciclismo, cumprindo os 263 quilómetros da clássica em 6.37:43 horas. A estratégia do ciclista da Orica-GreenEdge foi muito além do ataque preciso, lançado nos metros finais. O vencedor da Milan-San Remo em 2012 optou por poupar energias para hoje, ao contrário dos restantes adversários que, na quarta-feira, correram a Flèche Wallone.

A maior frescura notou-se na meta, onde foi creditado com o mesmo tempo do segundo e terceiro classificados, apesar de um visível corte entre todos, e valeu-lhe uma das mais importantes vitórias da sua carreira. “É um triunfo incrível, é um sonho tornado realidade ganhar a Liège-Bastogne-Liège”, reconheceu, indicando que no final da prova tudo correu “perfeitamente” para si, graças à sua colocação “excelente”.

Num final reservado apenas aos mais resistentes, Julian Arredondo (Trek) e Domenico Pozzovivo (AG2R) atacaram em Roche-aux-Faucons, a 20 quilómetros da meta, e lideraram nos dez quilómetros seguintes até serem apanhados pelo mini pelotão de 30 unidades. O italiano atacou outra vez, na última contagem de montanha, em Côte Saint-Nicolas, levando na roda o compatriota Gianpaolo Caruso (Katusha).