Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Simulaes atarefam seleco

Rosa Napoleo - 30 de Agosto, 2015

Atletas escolhidos vo ser anunciados na ltima semana de treino no Lubango

Fotografia: kindala Manuel

As simulações com aparelhos electrónicos dominam as últimas sessões de treinamento da Selecção Nacional de Taekwondo, que vai representar o país na 11ª edição dos Jogos Africanos, a decorrer de 4 a 19 de Setembro, na capital congolesa, Brazzaville.

A falta de aparelhos electrónicos no país constitui o principal obstáculo na preparação. Para evitar as desqualificações na prova e aperfeiçoar os atletas, a equipa técnica da selecção nacional decidiu fazer simulações para potenciar os atletas que nunca tiveram contacto com esses instrumentos, segundo Salomão Lumbo, seleccionador nacional. Os trabalhos decorrem no pavilhão gimnodesportivo do Benfica de Lubango, na província da Huíla, até o dia 10 de Setembro.

A delegação viaja para Luanda, no mesmo dia, para fazer escala para Brazzaville no dia 12. A chegada tardia da selecção nacional ao palco dos Jogos Africanos insere-se na "poupança" dos custos, segundo Salomão Lumbo.

Com o número reduzido de atletas, as possibilidades de erguer a medalha de ouro são escassas. Salomão Lumbo esclarece que "não vai ser fácil conseguir resultado favorável", face à pressão ao grupo. Contudo, promete manter a esperança de que a selecção "pode elevar a bandeira nacional".

Quanto aos atletas eleitos, o seleccionador nacional garantiu "manter o sigilo até à etapa final para não desmoralizar o resto do grupo". A lista está feita depois das avaliações de rapidez, velocidade e desequilíbrio dos adversários.