Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

São Silvestre pode manter ranking

Silva Cacuti - 11 de Janeiro, 2018

Prova angolana da São Silvestre aguarda resultado do relatório do agrimensor credenciado

Fotografia: VIGAS DA PURIFICAÇÃO | EDIÇÕES NOVEMBRO

A tradicional corrida de fim-de-ano, a São Silvestre de Luanda, pode manter-se no ranking da Associação Internacional de Maratonas e Corridas de Rua (AIMS, na sigla inglesa) e da Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF), apesar de não contar com a participação de corredores internacionais. O optimismo foi manifestado pelo presidente da Federação Angolana de Atletismo, Bernardo João.
Contar com a participação de corredores internacionais e a par da certificação do percurso por um agrimensor da IAAF são requisitos para que a prova se mantenha nos anais daquelas instituições internacionais.
A organização da 62ª edição da corrida trouxe a Luanda um agrimensor que trabalhou na certificação do percurso,  validou os aspectos técnicos da prova e deve apresentar à IAAF e a AIMS o relatório sobre a corrida.
\"Estamos a aguardar. Em princípio, não há nada que perigue a manutenção da corrida no ranking dessas instituições. Estamos à vontade”, frisou.
“Sabemos que o agrimensor esteve cá na corrida, validou todos os princípios que regem as corridas do género, aprovou-o e até elogiou os aspectos como a partida bem organizada”, disse.
Sobre a ausência de corredores internacionais, Bernardo João referiu que o agrimensor também é testemunha das diligências feitas pela organização da corrida para os trazer.
\"Endereçámos convites à região. Moçambique alegou a falta de verba para o transporte de atletas. A Namíbia, inclusive, deu-nos dois nomes de atletas, porém, foi uma surpresa para nós a Namíbia e a África do Sul não apareceram”, manifestou.
A Federação Angolana de Atletismo paga regularmente uma quota pela filiação naqueles organismos. A São Silvestre de Luanda consta dos rankings da AIMS e IAAF desde 2011.
A 31 de Dezembro de 2017 foi disputada a 62ª edição da corrida com cerca de 1700 corredores angolanos.
Simão Manuel, atleta do 1º de Agosto, sagrou-se vencedor ao cronometrar 31min29s  e bateu no \"sprint\" Alexandre João, do Interclube (31min35s).
David Elias, também do Interclube,  completou o pódio. Na quarta e quinta posições ficaram Avelino Sangahala e Miguel Mota, afectos ao 1º de Agosto.
 No sector feminino, Adelaide Machado do Interclube, revalidou a conquista de forma folgada com o tempo de 36min34s. Luciana Viengo, também do Interclube, foi a segunda classificada e Josefina Baptista fechou o pódio.
 As atletas populares Severina Chilala e Maria Candela quedaram-se nas posições subsequentes.