Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Soares quer formar talentos

Álvaro Alexandre - 26 de Dezembro, 2014

Erikson Soares é campeão nacional activo e espera conseguir mais uma norma para ser o primeiro Grande Mestre de xadrez angolano

Fotografia: Nuno Flash

O Mestre Internacional (MI) Erikson Soares, campeão nacional activo pelo 1º de Agosto, título conquistado recentemente na província de Malanje, vai apostar, no próximo ano, na formação de novos xadrezistas e intensificar a sua preparação para conquistar a última norma de Grande Mestre.

O MI do 1º de Agosto tem vários projectos em carteira. "Os objectivos são maiores. Continuar a dar formação aos jovens, de modo a torná-los mais inteligentes e astutos. Pois, o xadrez aumenta as suas capacidades cognitivas (atenção, memória, concentração) e, o mais importante, a imaginação. Luto para conquistar a minha última norma de Grande Mestre, dado que ostento duas, e depois atingir o ranking que necessito", disse.

O xadrez nacional vive momentos promissores. "Neste momento vivemos uma nova era. Podemos marcar a diferença e fazer realmente crescer a modalidade. Temos a sorte de ter ao lado o presidente da Federação Angolana de Xadrez, Aguinaldo Jaime, que é consequentemente vice-presidente da Federação Internacional de Xadrez (FIDE). Somos novamente campeões africanos de juniores, em ambos os sexos. Temos tudo para fazer a nossa modalidade crescer. Deve haver mais dedicação", revelou.

Os xadrezistas do clube militar cumpriram as exigências da direcção. "No nacional por equipas, os objectivos foram claros, ganhar a prova, uma vez que temos os melhores jogadores do país. A direcção do clube, especialmente o general Hendrick, criou todas as condições para que fosse possível", confirmou. O campeão nacional do activo, prova disputada este mês em Malanje, disse que prima pela regularidade. "Sou um jogador muito regular e com objectivos sérios. Há já um tempo que demonstro que sou o melhor jogador do país, do ponto de vista de resultados e conquistas. Antes do activo venci duas provas na África do Sul, disputadas nas cidades de Pretória e de Joanesburgo. Ofereci a taça ao ilustre presidente do 1º de Agosto, general Carlos Hendrick", disse.

O Mestre Internacional Erikson Soares pretendia atingir o pleno no nacional activo. "O Campeonato Nacional Activo contou com a participação dos melhores jogadores de Angola. Conquistei a competição com oito pontos em oito partidas consecutivas. A meta era fazer nove em nove partidas. Mas acabei por perder o último jogo, por cálculos mal elaborados, perdendo com Celso Baltazar, do Polivalente Aldanuel do Palanca", disse.

Campeões nacionais

A média foi de 90 participantes. Os três melhores classificados do activo foram os seguintes xadrezistas: Mestre Internacional Erikson Soares (1º de Agosto), com 8 pontos, Mestre FIDE Catarino Domingos (EPAL), com 7 pontos, Vanderson Dias (1º de Agosto), com 6,5 pontos. No Nacional de partidas rápidas o campeão foi Cambando José, do Polivalente Aldanuel do Palanca, com 7,5 pontos. Nos lugares imediatos ficaram Cláudio Félix (Polivalente Aldanuel, com 7,5 pontos; Francisco Flora (Núcleo de Viana), com 7 pontos; Francisco Garrido (1º de Agosto), com 7 pontos; e Eliseu Tavares (Polivalente Aldanuel), com 6,5 pontos.

No Nacional por equipas, o 1º de Agosto foi o grande vencedor, com 12 pontos.

Do segundo ao quinto lugar ficaram a EPAL (11), Núcleo de Viana (10), Polivalente Aldanuel (8) e Selecção das Forças Armadas (8).