Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Sorteio acontece hoje à tarde

Silva Cacuti - 25 de Junho, 2016

Angolanas organizam o evento para resgatar o troféu perdido na Tunísia

Fotografia: José Cola

A selecção nacional sénior feminina aguarda com tranquilidade o resultado do sorteio do XXII campeonato africano da categoria que se realiza hoje, às 16h00, na Galeria dos Desportos, em Luanda, na presença do beninense Mansorou Aremou, presidente de direcção da Confederação Africana de Andebol (Cahb). A ideia foi avançada por Ilídio Cândido, vice-presidente da Federação Angolana de Andebol que realçou a conquista da prova como objectivo de Angola.

"Não temos de temer ninguém, até porque jogamos em casa. Além do factor casa, temos na nossa equipa experiência mesclada com a juventude que está a aparecer. Há muitos factores a nosso favor. Por isso, estamos serenos e não temos nenhum adversário a recear, nem na primeira fase nem na prova toda", garantiu.

Ilídio Cândido disse que o foco de Angola é jogar para ganhar a prova.

"Vamos jogar, vamos respeitar todos os adversários que nos aparecerem. O nosso objectivo é ganhar o Campeonato Africano das Nações", disse.

Vão participar do Campeonato Africano 10 selecções que vão disputar a primeira fase em dois grupos. As quatro primeiras equipas apuram-se para os quartos de final. A organização enviou convites às representações diplomáticas da RDC, República do Congo, Camarões, Costa do Marfim, Guiné, Nigéria, Argélia, Senegal e Tunísia.

Segundo apuramos, a Federação congolesa tem emissários no país para assistirem ao sorteio. A Tunísia, campeã africana, e a RDC, segundo os regulamentos da Cahb, são as cabeças de série e Angola, na condição de país anfitrião, pode escolher em que série ficar.

No âmbito do campeonato africano, Angola espera receber acima de trezentas pessoas, dos quais 250 atletas, 35 árbitros e oficiais e aproximadamente 50 jornalistas.

Durante a cerimónia de sorteio vai ser também apresentado o logótipo da competição. Está também prevista uma apresentação pela Fundação Bongo, instituição que ofereceu à CAHB os troféus do campeonato.

O XXII Campeonato Africano foi atribuído a Angola em Janeiro de 2014, no Congresso da CAHB realizado em Argel, à margem do último campeonato.

ANGOLANOS E TUNISINOS
JOGAM NO MUNDIAL 

Depois de ter deixado a vitória escapar no Campeonato Africano, onde perdeu por escassos 21-23, a selecção nacional sénior masculina reencontra a similar da Tunísia no Campeonato do Mundo da França, que se disputa de 11 a 29 de Janeiro. O sorteio realizado na quinta-feira colocou as duas selecções no grupo B da fase preliminar da prova. Angolanos e tunisinos têm como parceiros a Espanha, Eslovénia, Macedónia e Islândia.

No grupo A estão a França, Polónia, Rússia, Brasil, Japão e Noruega. O grupo C alberga a Alemanha, Croácia, Bielorrússia, Hungria, China e Cazaquistão; O Qatar, Dinamarca, Suécia, Egipto, Bahrein e Argentina jogam no grupo D.

Cada grupo de seis equipas vai apurar as quatro primeiras para os oitavos de final. Depois, os quartos; meia-final e final. As equipas classificadas nos 5º e 6º lugar vão disputar a chamada "Presidents Cup", que define lugares entre o 17º e o 24º lugares.

Angola apurou-se para o Campeonato Mundial da França de 2017 ao obter o terceiro lugar do Campeonato Africano disputado em Janeiro último no Egipto.