Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Sporting do Lubango abre escola

Gaudncio Hamelay, Lubango - 07 de Novembro, 2019

Fotografia: DR

Com trinta praticantes, o Sporting Clube do Lubango abriu, há 20 dias, no pavilhão leonino, a escola de boxe na capital da Huila. As crianças e os jovens apaixonados pelo desporto de combate vêem concretizados os sonhos de subir ao ringue.
Com a implementação do projecto de massificação, o boxe huilano cria as premissas para o resgate da imagem perdida nos últimos anos. As terras altas da Chela tem um currículo recheado de campeões nacionais.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, o presidente da agremiação leonina, Rui Humberto Telles, assegurou que a concretização do projecto de formação de atletas resulta depois de muito tempo de ponderação. As crianças têm prioridade na inscrição.
"O projecto é destinado às crianças, apesar da inserção de alguns praticantes com idade de 18 anos com algumas noções de boxe. Um adolescente de 12 ou 13 anos tem mais probabilidade de absorver os conhecimentos para singrar na vida adulta. É complicado formar um jovem de 18 ou 20 anos de idade. Até chegar á maturação competitiva, está na fase de fim de carreira", justificou.
Para melhor formação de pugilistas, está em construção um novo espaço para albergar os treinos. Rui Humberto Telles confirmou que "as obras decorrem a bom ritmo". Os equipamentos e os acessórios estão de sobras. A direcção colecciona-os a algum tempo e "já estavam cobertas de teias", segundo Rui Telles.O dirigente huilano apela à Federação Angolana de Boxe a gizar planos de distribuição de equipamentos de massificação.
"É bem-vindo todo o apoio que nos ajude a massificar o boxe, porquanto a Huila sempre foi um pólo de desenvolvimento da modalidade em Angola. Por essa razão, devia olhá-la com mais atenção para a restauração da mística", disse.
A escola de boxe do Sporting do Lubango atraiu atletas de outras escolas. Os primeiros atletas para alta competição vão ser lançados nos próximos seis meses. Depois da consolidação do projecto, a direcção vai abrir as inscrições para a classe feminina, segundo o dirigente. GAUDÊNCIO