Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Sua anuncia desistncia

19 de Março, 2015

Sua anuncia desistncia

Fotografia: Dombele Bernardo

A Selecção da Suíça anunciou, na última terça-feira, em carta dirigida à comissão organizadora a desistência da 24ª edição do Campeonato Mundial de Pesca Desportiva ao Corrico de Alto Mar, a decorrer de 28 de Março a 4 de Abril, no Lobito. Com a desistência da competição, o Mundial de Pesca Desportiva ao Corrico de Alto Mar, que Angola vai albergar pela primeira vez, o número de países confirmados para o  certame  fica reduzido a nove representações.

O capitão da selecção da Suíça, Stephane Millez, apresentou o pedido de desistência com um sentimento angustiado. “Lamento profundamente, mas é muito complicado para a nossa selecção, que está espalhada em diferentes países. A nossa concentração só podia acontecer a poucos dias da competição. Uma coisa sabemos, com certeza, a nossa próxima viagem a Angola vamos solicitar o visto, pelo menos, dois meses antes da data do evento”, realçou.

A decisão foi tomada por dificuldades de mobilidade da equipa base. “Laurent, quarto membro da nossa equipa, está agora no Dubai, desde sexta-feira até 24 de Março. Portanto, não há tempo suficiente para conseguirmos o visto. Apenas um de nós reside no país e os demais estão espalhados em vários pontos do mundo. Um está no Gana, outros em Marrocos e em França. Como somos a maior parte do grupo e enfrentamos a mesma dificuldade, fomos forçados a cancelar a participação, contra a nossa vontade. Mas queria vir e participar sem qualquer stress”, enfatizou.

O pescador, Stephane Millez, não poupou esforços em focalizar os transtornos que os serviços consulares da Embaixada Angolana na Suíça criam aos cidadãos, que se dirigem ao  balcão para solicitar o visto. “Os funcionários da Embaixada mantêm os seus princípios, não são capazes de entregar um visto mais rápido do que  em dez dias úteis”, concluiu.

A organização do campeonato mundial mantém o programa de recepção das delegações estrangeiras. As selecções são aguardadas a partir do dia 28. O campeonato mundial vai ser disputado por nove nações, perfazendo 14 equipas. A organização conta com a África do Sul (1), Alemanha (1), Angola (2), Brasil (2), Croácia (1), Espanha (1), Itália (2),  México (2)  e Senegal (2).

MANUTENÇÃO
Suíça anuncia desistência

Os atletas e amantes da pesca desportiva aconselham o seleccionador nacional, Fernando Duarte, a primar pela manutenção da selecção campeã mundial, que conquistou o título no ano transacto no Brasil. O anúncio oficial dos integrantes da Selecção Nacional vai ser feito amanhã à comunicação social.

Numa ronda do JD, os entrevistados são unânimes na "formação ganhadora não se mexe" para a conquista do segundo título consecutivo. O Mundial está aprazado para o período entre 28 do corrente a 4 de Abril, no Lobito. Júlio Magalhães, membro do Team Calulo, assegurou que "a equipa campeã deve ser a equipa A e a outra B, com a integração de novos pescadores". Magalhães revelou que "o mesmo pensamento é partilhado por todos os comandantes e integrantes das equipas escritas nas provas nacionais".

O capitão dos Marmeladas, Paulo Leal, realçou que "a manutenção do grupo campeão é o ideal, porque a aposta na continuidade torna as coisas mais fáceis e goza do mesmo entrosamento e disciplina táctica". Rui Cristina é de opinião contrária. "É uma decisão liberal do seleccionador eu defendo duas equipas com princípios ganhadores equilibrados".
ÁLVARO ALEXANDRE