Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Supertaa d visibilidade a Malanje

07 de Abril, 2014

Cidade de Malanje acolheu sbado partidas da Supertaa Francisco de Almeida que consagrou o Interclube em masculino e o Petro em femininos como campees

Fotografia: Jornal dos Desportos

O governador de Malanje, Norberto dos Santos, disse em Malanje que a Supertaça Francisco de Almeida em andebol, veio abrir uma nova era para a prática e o desenvolvimento da modalidade na província.Norberto dos Santos fez esta declaração ao intervir na abertura oficial da competição, realizada no Pavilhão Palanca Negra, na capital provincial. Afirmou que é necessário aproveitar todo o potencial necessário para que o andebol se desenvolva.

“Gostava de incentivar os jovens de Malanje a iniciarem uma nova era na área do andebol e do desporto na província de Malanje”, disse Norberto dos Santos. O presidente da Federação Angolana de Andebol, Pedro Godinho, pediu “fair-play” às equipas. A supertaça Francisco de Almeida foi ganha em masculinos pela equipa do Interclube, que bateu o 1º de Agosto por 34-31 e em femininos pelo Petro de Luanda que passeou a sua classe frente ao 1º de Agosto e venceu por 32-26.

Crónica de viagem
Paz tem a ver comigo


Fiz-me à estrada às 6h00, no feriado  pela celebração do 4 de Abril, dia que entre nós é o mais importante de todos. Ao passar pela zona da comarca de Viana vi um capotamento, devia ser o resultado  de excesso de velocidade, de consumo de álcool  e de não sei mais o quê!Alguns  pararam para matar a curiosidade e eu disse para mim mesmo que eu estava em Paz e que devia seguir o meu caminho. Se fosse para socorrer, já havia lá gente suficiente.

Quanto a mim, mais valia usufruir do principal benefício da paz, andar livremente, diferente dos outros para  não me onerar em nada, não preciso de concurso público, não custa nada. É só andar e mais nada!Aproveitei  para sensibilizar-me por  uma condução mais cuidada, porque o meu destino era Malange, onde havia a festa do desporto. A Supertaça Francisco de Almeida, em andebol.Petro - 1º de Agosto, em feminino e Interclube - 1º de Agosto, em masculino, não são jogos para deixar passar assim!

Acelerei porque  tinha uma entrevista marcada em Malange. Fui vencendo o asfalto, felizmente não  disputava  com ninguém cada metro que aparecesse na frente. Os engarrafamentos, ou faltas  de sistema, não havia porque  tinham ficado para trás. Ia sozinho. Sem receio de nada. É a paz.Cada buraco ou “mbombuta” que a estrada exibisse, não sei porquê, ficava tranquilo, com a idéia de que estamos em paz.Malanje não me deu as boas vindas. Estava atarefada demais com os festejos da Paz. “Unidos podemos fazer Malanje acontecer” lê-se nos “out-doors”.

Na véspera, houve um jantar de gala que juntou todos os estratos da sociedade civil na província e  às 12 horas a comissão organizadora criada a nível da província, presidida pelo vice-governador, Domingos Manuel Eduardo, estava no imponente Palanca Negra a inspecionar a prontidão para a Supertaça. Sim unidos e em PAZ vamos fazer Malanje, Luanda e todo o país acontecer. Gostei desta passagem!