Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Suplentes do Brasil derrotam os EUA

07 de Outubro, 2014

selecção brasileira prepara-se para a disputa da terceira fase do Mundial de Voleibol

Fotografia: AFP

A selecção brasileira feminina de voleibol conquistou no último domingo, a sua nona vitória consecutiva no Mundial de Itália, sobre as então líderes do Grupo F, Estados Unidos, em Verona. Em partida de suplentes de ambos os lados, o Brasil conseguiu triunfar por 3 sets a 0 com parciais de 25/23, 25/22 e 25/21 e obteve o passe para a terceira fase do torneio com a melhor campanha da série.

A jogar com suplentes  durante todo o jogo (à excepção de Camila Brait), o Brasil mostrou que joga um voleibol de nível superior ao das suas concorrentes. Em certos momentos da partida, as norte-americanas chegaram a colocar as titulares na quadra, mas não conseguiram ter forças para superar o Brasil.

Agora, a selecção brasileira prepara-se para a disputa da terceira fase do Mundial de Voleibol, contra rivais ainda por definir. O Brasil terminou em primeiro lugar no seu grupo e vai ser a cabeça de série na próxima fase.

No primeiro set de jogo, as brasileiras abriram 8- 4 e viram os Estados Unidos reagirem e virarem a partida, com oito pontos seguidos até o primeiro do Brasil (12 a 8). Mesmo assim, as brasileiras conseguiram recuperar antes da segunda paragem técnica e fecharam o set à frente, com 25 a 23.

A segunda parcial teve a mesma toada. O Brasil começou a abrir a distância cedo na parcial, chegou a 17 - 13 após o segundo tempo técnico. Com facilidade e apoiada nas boas actuações do seu ataque e bloqueio, estabeleceu uma vantagem confortável.

No fim da parcial, as norte-americanas encostaram-se  ao placar e chegaram a ficar apenas a um ponto atrás das brasileiras (23- 22). Porém, com um ponto de bloqueio providencial, o Brasil conseguiu levar o segundo set para casa, com 25 - 22.

No terceiro, a partida seguiu a par no começo, com o jogo empatado em 10- 10. Após um tempo pedido, o Brasil conseguiu abrir uma diferença maior no set, com 18- 16 e caminhou a passos largos para bater os EUA. Por nove vezes nesse Mundial, o Brasil terminou como vencedor. Agora, faltam apenas mais quatro partidas.