Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Surpresas marcam US Open

03 de Setembro, 2014

Algumas das referências do ténis mundial já caíram no Open dos Estados Unidos enquanto uns poucos continuam a resistir

Fotografia: AFP

Roger Frederer  actual número três do ranking mundial  garantiu a presença nos oitavos-de-final do Open dos Estados Unidos ao vencer o espanhol Marcel Granollers (42º do mundo), por três sets a um, com parciais de 4-6, 6-1, 6-1, e 6-1.

Esta é a 14ª vez consecutiva que o suíço chega a esta fase do torneio e vai ter agora pela frente o espanhol Roberto Bautista Agut, 19º do ranking, que venceu nesta terceira ronda o francês Adrian Mannarinho (89º), por três 7-5, 6-2 e 6-3.

A noite do último domingo em Nova Iorque  ficou marcada por uma tempestade que obrigou a interromper os jogos no Billie Jean King National Tennis Center.

Nos outros embates do dia, o espanhol David Ferrer número cinco do mundo, foi eliminado pelo francês Gilles Simon (31º) com os parciais de 3-6,6-3,1-6 e 3-6. Tomas Berdych, sétimo do ranking, derrotou o russo Teymuraz Gabashvili (62º) por 6-3, 6-2, 6-4 e Grigor Dimitrov o oitavo do ranking, venceu  o belga David Goffin (56º) com os parciais de 0-6,6-3,6-4 e 6-1.

No muito esperado embate entre franceses, Gael Monfils (24º do ranking) foi bastante mais forte que Richard Gasquet ganhou  o 14º do ranking em apenas três sets:6-4, 6-2, 6-2. O austríaco Dominic Thiem e o croata Marin Cilic também se apuraram para a próxima fase do US Open.

Os oitavos-de-final feminino, também em curso, registou já a eliminação da russa Maria Sharapova. A número seis do ranking foi eliminada pela dinamarquesa Caroline Wozniacki (11ª) com os parciais de 6-4, 2-6 e 6-2. A sérvia Jelena Jankovic  décima do ranking também ficou fora do torneio depois de ter perdido com a suíça Belinda Bencic (58ª) por 6-7 e 3-6.

Nos quartos-de-final, Wozniacki vice-campeã do US Open em 2009, vai ter pela frente a italiana Sara Errani, 14ª do ranking derrotou a croata Mirjana Lucic-Baroni (121ª) com os parciais 6-3, 2-6 e 6-0. 

MARATONA
Kei Nishikori e Milos Raonic disputaram ontem uma épica batalha em Flushing Meadows, que terminou com o aguerrido japonês a qualificar-se para os quartos-de-final do US Open.

Os relógios já assinalavam 2h26 da madrugada, nos EUA, quando a partida finalmente terminou igualando  um embate entre Mats Wilander e Mikael Pernfors, em 1993, bem como entre Philipp Kohlschreiber e John Isner, em 2012.

Quanto ao encontro, Kei Nishikori décimo e cabeça-de-série, prevaleceu após uma batalha de 4:24 horas, terminada com os duros parciais de 4-6, 7-6(4), 6-7(7), 7-5 e 6-4. Raonic, quinto pré-designado, alinhou uns impressionantes 35 ases, mas também cometeu 72 erros não forçados.

Na próxima ronda, Nishikori vai ter pela frente o suíço Stanislas Wawrinka, terceiro cabeça-de-série da prova, que eliminou o espanhol Tommy Robredo em quatro sets, também na jornada de segunda-feira.