Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Taa Nacional de pista decorre hoje e amanh no Estdio dos Coqueiros

Gaud?ncio Hamelay, no Lubango - 09 de Junho, 2017

Fundistas do Interclube de Angola querem resgatar o ttulo da Taa

Fotografia: Jornal dos Desportos | Edies Novembro

Os fundistas do núcleo do Interclube de Angola residentes na cidade do Lubango, província da Huíla, têm como ambição conquistar o segundo título da Taça Nacional de pista em atletismo, em ambos os sexos, a decorrer hoje, sábado, e amanhã, domingo, em Luanda.

Para essa espinhosa “missão”, o técnico Augusto Diogo “Seco”, levou consigo para a capital do país os corredores Luís Cuvingua, Adelino Tchissongue e Jeremias Candumbo (campeão nacional em juniores dos 10.000 metros). Já em femininos conta com a atleta Ernestina Paulino.

Augusto Diogo “Seco” confirmou que estes fundistas vão juntar-se a outros dos núcleos do Bié, Huambo, Cuanza Sul e de Luanda cuja preparação decorreu sem sobressaltos.

 “Estamos bem preparados. Tivemos uma árdua preparação na ponta final especificamente para esse evento que é a taça nacional de pista em atletismo. É uma taça que tem nos fugido de um tempo para cá. Nos últimos 4 anos, apenas uma vez ganhamos a taça e queremos repetir a proeza”, prometeu.

O treinador do núcleo do Interclube de Angola na Huíla, indicou que quando os atletas de todos os grupos concentrarem-se farão uma corrente de força para ver se ganham desta vez o troféu da taça nacional de atletismo em pista.

Séries rápidas e curtas cronometradas, o aprimoramento de alguns aspectos de intensidade, a busca de altitude, oxigenação no monumento do Cristo Rei e resistência, dominaram o trabalho específico de preparação dos corredores do Interclube de Angola na Huíla tendo em vista a Taça Nacional em pista.

“Na ponta final de preparação trabalhei mais na intensidade que foram as séries rápidas e curtas cronometradas. Trabalhamos também nas séries dos 2000 metros para baixo porque tenho mais atletas para especialidade de fundo já que nesta prova não levo nenhum velocista. Por isso fizemos um trabalho específico”, explicou.

De acordo com Augusto Diogo “Seco”, os seus atletas dão garantias para alcançar bons resultados. Apontou que o corredor Jeremias Candumbo ainda da categoria de juniores que leva é detentor do título dos 10.000 metros no seu escalão. Por este motivo, garantiu que os atletas estão bem preparados e lhe dão garantias para conquistar medalhas dos três lugares cimeiros nas provas onde estiverem engajados.

Lázaro João, técnico do núcleo de atletismo do 1º de Agosto na Huíla, confirmou a participação com apenas três corredores, sendo dois masculinos e uma feminina com objectivo de arrebatar maior número de medalhas que lhe permita vencer nas especialidades onde for competir.

 Lázaro João, disse que os aspectos de intensidade predominaram no encerramento da preparação. “O volume já se trabalhou e só nos restava limar algumas arrestas na fase decisiva. Por isso, aprimoramos os aspectos de intensidade”, disse.