Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Team Dourado aspira ao título

Álvaro Alexandre! Lobito - 11 de Março, 2014

Team Dourado da cidade do Lobito está apostado em quebrar a hegemonia das equipas de Luanda que ostentam uma dúzia de títulos

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Team Dourado, equipa anfitriã, está determinado em  quebrar a  hegemonia das equipas de Luanda no concurso de pesca desportiva “Lobito Big Game Fishing Tournament de 2014”, que se disputa de 10 a 13 do corrente mês, na província de Benguela.

Os  representantes da capital  são detentores de nove títulos,  estão na corrida para a conquista  do décimo  troféu consecutivo.

 A intenção de acabar com o domínio das equipas de Luanda no grande torneio organizado anualmente no país,  foi tornada pública pelo capitão do Team Dourado, Victor Ros, no final da reunião técnica, realizada ontem, no Clube Náutico do Lobito.

 O encontro foi testemunhado por  delegados das 51 embarcações confirmadas para a presente edição do Lobito Big Game Fishing Tournament.
 Benguela faz-se representar com 16 equipas, uma da Huíla, duas da África do Sul e 32 de Luanda.

O domínio demonstrado pela equipas de Luanda foi justiçado  pela elevada experiência e aliado ao forte investimento financeiro e tecnológico.

“Reconheço,  que no passado as formações investiram muito acima de nós,  foi uma das razões desta assimetria.

Os clubes conquistaram os nove torneios disputados no Lobito sem contestação. Agora, estamos maduros e já dominamos a prova,  é o momento de atacar  de forma agressiva o primeiro lugar da prova”, determinou Victor Ros.

O comandante, que conquistou o segundo lugar do campeonato nacional da época transacta, resssaltou o mais alto nível dos objectivos.

“Estamos preparados para enfrentar os ‘tubarões’ de Luanda,  que já se tornaram vitalícios do Lobito Big Game Fishing Tournament. Sempre ganharam e nós nada. Agora, estamos em igualdade de circunstâncias. Os nossos objectivos estão expostos  no título do torneio”, disse.

Victor Ros assegurou,  que pretendem obter dois ganhos: a conquista do campeonato nacional de 2014,  consequentemente o visto para representar o país no campeonato do mundo de pesca desportiva de alto mar de 2015, agendado para a região costeira de Quepos, Costa Rica.

Victor Ros relevou,  que na luta ao título vai contar com a estreita colaboração das 15 equipas de Benguela. Para o efeito,  criou-se “um grupo super-dotado integrado por Juca Viegas, Sérgio Santos e Pote Tavares para suportar todas as dificuldades da prova”. 

Para além da coesão no grupo, conta para o despique o pleno desempenho de outros comandantes das embarcações de Benguela, pois “o espírito é o mesmo: acabar com o domínio total das embarcações de Luanda”.

O capitão do Team Dourado disse,  que entre as 51 formações concorrentes aos troféus do concurso do Lobito, os sérios candidatos ao pódio são: o Captian Love, Chicucuma, Kwanza Lodge, Girl Friday, Doce, Malembeiros, Dragões, Doce Vela, Team Delta, Marlinheiros, Marmeladas, Team Release, Team Náutico, Tudo Fish, Terlicos e Xiripiti.

VELEIRO
Luísa Baptista bate recorde mundial


A pescadora Luísa Baptista, da formação Xiripiti, é a nova recordista mundial do exemplar veleiro, ao capturar um Sailfish Atlantic, com 62 kg. O acto ocorreu fora do concurso da X edição do Lobito Big Game Fishing Tournament, que decorre de 10 a 13, na costa de Lobito, província de Benguela. A anterior marca foi estabelecida em Março de 1975...

Para estabelecer o novo recorde mundial, a pescadora precisou de 50 minutos para concluir o combate do veleiro de 62 kg, que mordeu a amostra preparada na linha de 20 libras. A atleta do Xiripiti disse,  que está satisfeita com a oportunidade oferecida de ser ela a superar um marco obtido há 39 anos na Baía de Luanda.

“O facto de ter acontecido num dia de treino, antes do arranque do X Lobito Big Game Fishing Tournament, não me retira o mérito.  Agora, faço parte da história das grandes capturas, vou continuar a lutar e espero,  que o mesmo dure uma longa data”, disse satisfeita.

Luísa Baptista afirmou,  que vai tentar bater o seu próprio recorde nos quatro dias do Lobito Big Game.  “Estou motivada para superar o meu próprio recorde. Sei,  que não vai ser fácil,  e também não é impossível.

O mar do Lobito proporciona condições para  capturas de grandes exemplares de bicos. Desejo,  que as  capturas aconteçam na minha linha”, concluiu. A organização forneceu os principais recordes nacionais batidos nos torneios realizados no país.

Os destaques vão para o Blue Marlin, de 464 kg, alcançado por Mário Proença, dos Turabões Fishing Team, no Lobito Big Game Tournament de 2009, Sailfish (veleiro) de 64 kg, de Alfredo Sousa Neves, da equipa Kaxicane, no Torneio do ADM de 1994, Wahoo de 26,5 kg, Nuno Pereira, do Team Náutico, no III torneio do Clube Naval de Luanda de 2010, Tuna Yellow Fin (Atum) de 62,4 kg, Carlos Louro, Team Release, no torneio Big Blue Cup de 2012, Dourado de 30,4 kg, Rogério Rosa, dos Bicudos, no concurso Billfish Challenge de 2013, e Tubarão Black Tip de 75,9 kg, Paulo Teixeira, Jikula O'Mesu, no concurso Big blue Cup de 2012.
ÁLvaro Alexandre - Lobito