Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Team Náutico derruba Tubarões Fishing

Álvaro Alexandre - 23 de Novembro, 2015

vA última jornada do Kianda Sailfish Classic vai definir o vencedor do torneio

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Team Náutico derrubou os Tubarões Fishing Team da liderança da XVIII edição do concurso de pesca desportiva Kianda Sailfish Classic. A formação do Comandante Rogério Matos, bicampeão mundial, mostrou eficiência na segunda jornada ao capturar 14 veleiros dos 116 peixes de bicos validados pelos júris.No torneio pontuável para o Campeonato de Pesca Desportiva do Alto Mar da Zona Norte de 20915/2016 e qualificativo para o Mundial da Costa Rica, previsto para Abril do próximo ano, na cidade costeira de Quepos, Tubarões Fishing Team capturou apenas oito, número que o relegaram para posições abaixo.

A subida do Team Náutico à liderança resulta do seu histórico. A equipa de Rogério Matos consta da lista restrita de embarcações que superam os líderes de concursos, nas últimas jornadas. Assim, depois do quinto lugar no primeiro dia, ontem ascendeu à liderança.Até o momento, o  Kianda Sailfish Classic contabiliza 183 exemplares de bico e o Team Náutico contribuiu com 18. Os Tubarões Fishing Team de Marco Couto somam apenas 13 veleiros.

A boa estação permite aos pescadores realizarem capturas excelentes. Na última jornada, as 31 embarcações em disputa vão procurar aumentar o número de peixes de bico para ascenderem aos melhores lugares do pódio. Estudos feitos pelos peritos apontam que a cifra pode superar os 116 exemplares, actual recorde do torneio.

Após 20 horas de capturas, a classificação do concurso Kianda Sailfish Classic é liderada pelo Team Náutico com 18 000 pontos, seguido dos Marlinheiros (14 800),Tubarões Fishing Team (13700), Team Kuxica (10 700), Terlicos (10 000), Tudo Fish (10 000), Birrentos (9 000), Team Release (8 900), Lambas (8 900), Akwalunga (8 900), Team Calulo (8 100), Jikula O'Mesu (7 000), Malta da Kianda (6 800), Doce Vela (5 800) e Bravos da Baía (4 000).