Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Tito Martins promete gestão transparente na FAX

24 de Novembro, 2016

Entre outras competências, regulamenta e organiza as competições oficiais de xadrez em Angola.

Fotografia: Jornal dos Desportos

A jogar na antecipação do lance, Tito Martins ataca de peças brancas as eleições de renovação de corpos sociais da Federação Angolana de Xadrez (FAX) para o ciclo 2016-2020. Depois de longos anos atrás de Aguinaldo Jaime, o vice -presidente cessante promete implementar uma gestão transparente e inclusiva assente no cumprimento de programas e orçamentos. A candidatura à presidência da instituição foi oficializada na última terça-feira, em Luanda

No acto de apresentação de candidatura, realizado na sala de reuniões da Federação Angolana de Xadrez, Tito Martins garantiu que a equipa vai mover-se no tabuleiro como a peça mais importante. Sem esperar a vez de jogar, prometeu "implementar de forma sustentável um plano de desenvolvimento de xadrez (PNDX), de forma a haver coesão na promoção da modalidade em todo o país".

O antigo presidente da Associação Provincial de Xadrez de Luanda pretende evitar o descarrilamento do programa aprovado no mandato anterior e almeja a liderança da Federação Angolana para dar continuidade ao trabalho de Aguinaldo Jaime. Sem colocar o próprio rei sob ataque inimigo, promete trabalhar com os clubes, escolas e núcleos para que Angola obtenha a norma de Grande Mestre (GM) nas duas classes.

O aumento de escolas de xadrez e os resultados de atletas jovens nas competições internacionais e internas são indicadores para o alcance do desiderato, segundo o vice-presidente cessante da FAX. A Mestre Internacional (MI)  Esperança Caxita e MI David Silva são bicampeões africanos.

Tito Martins é membro da Comité de Evento e Markting da Confederação Africana de Xadrez,  conhece os mecanismos indispensáveis, para o sucesso do atleta. Confiante na qualidade dos atletas jovens nacionais, promete reabilitar a biblioteca electrónica da FAX, aumentar as competições e promover parcerias com instituições de variados sectores, numa estratégia de inserir patrocinadores à modalidade.

De 52 anos de idade, Tito Martins é licenciado em Engenharia mecânica, pela Universidade Técnica de Brno, República Checa, é quadro sénior da Empresa de Serviços e Sondagens de Angola (ESSA). Pretende preencher a cadeira de Aguinaldo Jaime, que coleccionou três mandatos consecutivos na Federação Angolana de Xadrez, desde 2005, na sucessão de Fernando Coelho.

A Federação Angolana de Xadrez realiza a Assembleia Geral, na primeira semana de Dezembro, para proceder à marcação da data do pleito eleitoral e aprovação dos relatórios de actividades e contas do exercício, de Abril de 2014 a Dezembro de 2016. A Federação Angolana de Xadrez foi instituida a 10 de Junho de 1979, está filiada na Federação Internacional de Xadrez, desde o mesmo ano. Entre outras competências, regulamenta e organiza as competições oficiais de xadrez em Angola.