Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Ttulo do Individual Absoluto decidido por match

lvaro Alexandre - 17 de Julho, 2014

Ttulo do Individual Absoluto decidido por match

Fotografia: Jornal dos Desportos

O título de campeão nacional individual absoluto começa a ser disputado hoje, a partir das 17h00, na sala de jogos da Federação Angolana de Xadrez, pela via de match de seis partidas, entre o Mestre Internacional (MI) Erikson Soares, Mestre Fide (MF) Catarino Domingos e Candidato a Mestre (CM) João Simões.

 Apesar de melhor coeficiente de 37,5, em nove jornadas, CM João Simões vai conhecer o adversário de hoje, às 14h00, no local da prova, quando se proceder ao sorteio. MF Catarino Domingos terminou a fase regular com o coeficiente de 37, e MI Erikson Soares, com 36.

O match de seis partidas envolve três voltas e o sistema de jogo é de todos contra todos. A organização definiu 90 minutos para que cada jogador realize 40 lances. Na nona e última jornada da competição, o MF Catarino Domingos empatou com MI Amorim Agnelo, CM João Simões empatou com Tito Agostinho, MF Eduardo Pascoal empatou com CM Sérgio Miguel e Sílvio Fernandes empatou com Jeovani Santos.

O MI Erikson Soares venceu o MI Adérito Pedro, Manuel Alberto derrotou João Mário, Cambando José venceu Carlos Fernandes, Luciano Oliveira derrotou Gerson Arão, Vanderson Dias ganhou a Eliseu Tavares, António Silva venceu Sílvio Famoroso, João Júlio ganhou a Eduardo Muvi, Abílio Ribeiro derrotou Edivânio Domingos, Edivaldo Gama venceu José Mário e Cristiano Aguiar derrotou Cláudio Félix por falta de comparência.

Após a conclusão das nove jornadas, disputadas de 6 a 15 do mês em curso, no Instituto Médio Industrial de Luanda (IMIL), a classificação final do campeonato nacional individual absoluto é compartilhada por CM João Simões (6,5), MF Catarino Domingos (6,5) e MI Erikson Agnelo (6,5). Mais abaixo estão MI Amorim Agnelo (seis), Cambando José (seis), Manuel Alberto (seis), Tito Agostinho (seis), Luciano Oliveira (cinco), MI Adérito Pedro (cinco), Cristiano Aguiar (cinco), João Mário (4,5), Cláudio Félix (4,5), Carlos Fernandes (4,5), Vanderson Dias (4,5) e António Silva (4,5).