Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Toíto evidencia classe na quarta jornada

Hélder Jeremias - 20 de Julho, 2014

Zé Cazenga enfrentou dificuldades para ultrapassar o piloto da Sistec

Fotografia: M. Machangomgo

O piloto do Team Sistec, Custódio Neto "Toíto" teve a mais brilhante exibição entre os concorrentes na quarta jornada do Campeonato Provincial de Motocross de Luanda, na categoria dos 250cc, disputada ontem à tarde no circuito internacional "Jorge Varela"

Apesar de ficar na segunda posição da prova, vencida pelo corredor do team Ordel, Zeferino Fernandes "Zé Cazenga", Toíto deixou boas impressões numa prova em que Garcia Silva foi terceiro.

Custódio Neto liderou 85 por cento da primeira manga, tendo feito um arranque explosivo e relegado Zé Cazenga, campeão em título, para o segundo plano, numa luta renhida até a antepenúltima volta em que o desgaste físico do atleta da Sistec veio ao de cima e permitiu a passagem de Zé Cazenga, que terminou com o tempo de 18:12.8, contra 18:.17.8 de Toíto e 18:43.5 de Ricardo Jorge, este último que aproveitou da distracção dos adversários Branquinho Pina, Flávio Joaquim, Talaia Cacau e Alfredo Chilola na última volta. 

O público esperava por mais espectáculo na segunda manga, a julgar pelo grande despique da anterior, mas Zé Cazenga revelou a sua melhor preparação física diante de Toíto cujo desempenho denunciava a necessidade de maior rigor por parte da sua equipa no que tange as sessões de ginásio e alimentação balanceada para suportar a potência da motorizada.

Zé Cazenga obteve o tempo de 18:49.399, enquanto Toíto completou 18:54.498 e Garcia Silva ficou na terceira posição com 18:54.854. Nas posições seguintes perfilaram Branquinho Pina, Cacau talaia, Rui Moreira, Ricardo Jorge, João Kuanda e Gama Milton.
Na categoria dos 150cc, Etelvino Sebastião superiorizou-se diante de Augusto Congo, Osvaldo Lemos e Beniamine Pereira. Nos 450cc(moto 4), Hélio Martins bateu Álvaro Calado e Rodrigo Barros.

No final da prova, o presidente da Associação Provincial de Motocross de Luanda, Alfredo Pitra, agradeceu "a presença da grande moldura humana que prestigiou o evento e a colaboração de todos os associados para que a empreitada fosse um sucesso, desde a recuperação do circuito até ao certame".