Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Toto reacende chama do ttulo

Helder Jeremias - 29 de Junho, 2016

Custdio Neto reaviva as esperanas de revalidao do ttulo de campeo provincial de motocross depois de obter o terceiro lugar na quinta jornada disputada na semana passada

Fotografia: Mota Ambrsio

Custódio Neto "Toíto" reafirmou a pretensão pela revalidação do título de campeão ao ocupar o terceiro lugar do pódio da quinta jornada do Campeonato Provincial de Motocross de Luanda, disputada sábado transacto no circuito Jorge Varela.

Na prova vencida por Zé Cazenga, vice-campeão, e seguido de Augusto Congo, piloto individual, Toíto puxou dos galões para recuperar o tempo perdido nas primeiras jornadas. A falta de concentração e debilidade física contribuíram para o arranque desastroso na época.

Nas primeiras jornadas, Custódio Neto obteve as piores classificações dos últimos quatro anos. Nas duas primeiras provas, o piloto do Team 2 Lemos classificou-se em quinto lugar e, na terceira, foi desclassificado em função de uma queda. A má prestação custou-lhe zombarias dos colegas. Até os pilotos da nova geração o superaram com o mínimo esforço.

Numa altura em que Zé Cazenga parece não querer abdicar do desejo de resgate do título perdido no ano passado e Augusto Congo, no encalço do troféu, Custódio Neto começa a inverter os resultados com prestação excelente.

Com o despertar do sono profundo, Toíto conta com o apoio eficiente da equipa de técnicos do Team 2 lemos para pressionar os principais adversários até o final da competição. A competitividade vai ser mais renhida. Cumprida a primeira metade do campeonato provincial de Luanda, Ricardo Jorge também inscreve o seu nome nos anais da história do motocross.

O piloto do Team Orbel foi terceiro classificado na época passada e teve também um arranque manchado por resultados negativos. Depois de fraquejar nas duas primeiras jornadas, com 11º lugar e abandono na segunda por fractura do pulso esquerdo, o seu crescimento técnico e físico manifestou desde a terceira jornada. O jovem piloto obteve o terceiro lugar.

Ao lado de Zé Cazenga e de Edson Miranda "Roquinho", líder da categoria moto 4 (450cc), Ricardo Jorge faz jus à aposta do Custódio Neto reaviva as esperanças de revalidação do título de campeão provincial de motocross depois de obter o terceiro lugar na quinta jornada disputada na semana passada empresário Orlando Almeida para defender as cores da equipa do bairro Maculusso.

Roquinho está de pedra e cal no topo da categoria (450cc) desde a jornada inaugural. O piloto do Team Orbel arredou os pilotos individuais Bruno Ferreira "Agai" e Hélio Martins para lugares subsequentes do pódio.

Em busca de mais uma vitória na categoria dos 150cc, Carlos Humba prepara-se com muito esmero. O piloto individual superou na jornada anterior Orlando Ribeiro, do Team Jog, e Bonito Luhaza, do Team Teimosos.

Para conferir o balanço da primeira fase do campeonato provincial de Luanda e traçar as estratégias para o arranque da segunda metade, a direcção da Associação reúne-se nos próximos dias na sua sede social. A realização do Grande Prémio Zé Du, agendado para o mês de Agosto, e o GP 11 de Novembro, no âmbito dos festejos do 41º aniversário da proclamação da independência nacional, constam das prioridades da agenda de trabalho.