Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Tomás Faria apresenta programa

15 de Julho, 2014

Candidato Tomás Faria quer um Petro Atlético moderno a partir de sábado próximo

Fotografia: M.Machangongo

O antigo vice-presidente para o futebol do Petro Atlético de Luanda, Tomás Faria, apresenta hoje, às 14h00, em conferência de imprensa, na sala Diamante, do hotel Alvalade, a lista e as linhas de força do programa de acção, para a conclusão do mandato do período de 2011-2017, interrompido, devido ao passamento físico do presidente de direcção, Mateus Morais de Brito, cujo processo eleitoral acontece no próximo sábado, às 9h00, na sede do clube tricolor. Sob o lema “No APL o clube está acima dos interesses individuais”, o programa da lista, encabeçada por Tomás Faria, vai retratar as actividades essenciais a serem levadas a cabo entre 19 do corrente a 31 de Dezembro do próximo ano.

Contudo, o manifesto elaborado pelos integrantes da lista única às eleições no Petro Atlético de Luanda, a que o JD teve acesso, realça que no interesse do clube, os sócios acharam por bem preparar um documento, que aborde mais do que o período em falta para a conclusão do mandato, independentemente de quem vai estar à frente dos destinos do clube no período em falta. Ou seja, Tomás Faria e pares propõem a inclusão do que deve ser feito entre 2016 a 2027, equivalente a três mandatos de quatro anos. Com base nisso, a equipa “capitaneada” por Tomás Faria elaborou o Plano de Desenvolvimento Desportivo Integrado (PDDI), em que procuram “definir uma visão, missão, valores, objectivos estratégicos, linhas de orientação desportivas e construção de infra-estruturas para o clube”, entre os quais o Centro de Treinos Desportivo (CTD), um estádio e a nova sede.

“Temos plena consciência, que a vida apresenta desafios cada vez maiores, é uma loucura imaginar que esse ritmo vai diminuir. Como diz Roberto Shinyashiki, no seu livro a revolução dos campeões, p. 24, 2009, “nas empresas as equipas frequentemente iludem-se  só de pensar, que após terminar um projecto, pode haver um período tranquilo. No momento seguinte, porém, aparece outro projecto, que exige ainda mais de todos”, realça o programa da lista concorrente.  O objectivo da elaboração do PDDI, de acordo com os integrantes da lista candidata à eleições no Petro de Luanda, “é que a partir do PDDI estejam reunidos os elementos essenciais que visem levar o clube a um sucesso de médio e longo prazo, com a definição clara das linhas de orientação que  vão servir de base para todo o clube em todas as vertentes, quer desportiva, como administrativa”, lê-se no manifesto.