Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Toms Faria promete rever a dispensa

03 de Janeiro, 2019

Fotografia: Edies Novembro

Regozijado após correr os 10 quilómetros da São Silvestre, o presidente do Petro de Luanda, Tomás Faria, prometeu rever a situação do atleta Lourenço António, dispensado do clube a 31 de Dezembro último.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, o dirigente petrolífero revelou desconhecer as reais causas que afastaram do clube um dos maiores activos do eixo-viário.
\"Não sei os motivos da dispensa de Lourenço António, mas prometo rever o processo e, só depois, vou pronunciar-me\", disse o ‘fundista’.
Tomás Faria prometeu dar mais atenção ao atletismo pela especificidade que apresenta.
\"Temos um projecto que visa dar atletas à selecção nacional para os Jogos Olímpicos de 2024. Vamos criar as condições e dar todo o apoio\".
O presidente do Petro de Luanda enalteceu a organização do maior evento desportivo pedestre da África Austral.
\"Estou feliz com o nível de organização. Houve melhorias. Corri e consegui manter a forma\", frisou.
Paixão Júnior, presidente do Progresso do Sambizanga, prometeu dar mais apoio ao atletismo e garantiu manter o escalão de formação.
\"Estamos a trabalhar de forma condicionada, devido à crise, mas tivemos quatro atletas a correr na São silvestre. Vamos dar todo o apoio à formação\", disse
Paixão Júnior disse ainda resolver nos próximos dias os salários dos funcionários em atraso há mais de um ano.
\"Estamos a trabalhar e procurar apoios para resolver a questão dos salários. A forma como os grevistas estão a tratar a situação não é das melhores. Condicionaram o trabalho e levaram a maioria do material dos escalões de formação\", disse.
O presidente da Federação Angolana de Atletismo fez um balanço positivo da 63ª edição da corrida de fim de ano. Em declaração ao Jornal dos Desportos, Bernardo João disse que essa foi a melhor prova nos últimos três anos.
\"Considero um balanço positivo. Essa foi a melhor prova nos últimos três anos. Conseguimos realizar uma competição internacional. Enalteço o apoio dos nossos parceiros. Sem os quais, não seria possível\", enalteceu.