Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Torneio infantil agita Huambo

Rosa Napoleo - 13 de Junho, 2019

Fotografia: Edies Novembro

Mais de 150 atletas afectas aos clubes de vários pontos do país competem a partir de hoje até domingo, na cidade Huambo, no Torneio Infantil de Taekwondo inserido nas celebrações do Dia Internacional da Criança, assinalados a 1 do corrente. O pavilhão multiusos Serra Van Dunen tem as melhores condições para proporcionar momentos de alegria aos taekwondistas.

Em declarações ao Jornal dos Desportos, o presidente da Associação Provincial do Huambo, Aníbal Fortunato, assegurou que está "feliz" por conseguir "alguns apoios junto do governo local e de parceiros"Estamos em condições de dar início à competição. As equipas inscritas vão estar bem alojadas  e competem no Serra Van Dunen. Tudo vai correr bem", augurou.

O responsável justificou que a intenção é levar alguma alegria às crianças no seu mês."Pretendemos proporcionar às crianças momentos de confraternização. Queremos levar as crianças ao convívio e à criação de laços entre si ", explicou.

Aníbal Fortunato ressaltou que "o carácter competitivo do evento" é subjectivo. A realização na cidade de Huambo visa juntar "a família de taekwondo por promover a massificação"."O projecto foi criado pela nossa Associação e tem surtido efeitos positivos", disse.

A  alimentação e a hospedagem são da responsabilidade do governo do Huambo. Os prémios para os atletas não foi revelado, mas vai haver a atribuição de medalhas e de certificados de participação.

A competição é disputada nas classes feminina e masculina nas categorias de -30 a 60 quilogramas e reúne as equipas do Makila Team, Jaimel do Sapú e o 1º de Agosto (todas de Luanda) e representantes das províncias de Moxico, Huila e Benguela. Huambo faz-se representar com oito equipas. 

O desenvolvimento desportivo em Angola consta do plano estratégico definido pelo Estado. A promoção de eventos de massificação é uma tarefa de todas as associações provinciais e de clubes. Nesse capítulo, as instituições do Sul país são as que mais fomentam.