Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Torneio MINJUD satisfaz organizao

Rosa Napole?o - 31 de Janeiro, 2017

Os mestres Joo Marof, Manuel Sebastio, Angelino Malessi, Andr Malle, Antnio Ngonga, Dadivas Fernandes e Franone dos Reis ajuizaram os combates.

Fotografia: kindala Manuel|Edioes Novembro

O nível competitivo e organizativo do torneio de Kata e Kumite, disputado no  domingo, no ginásio do 1º de Maio, em alusão ao aniversário do Minjud, agradou o secretário -geral da Associação Provincial de Karaté-dó de Luanda, André Malle.

Em declarações ao Jornal dos Desportos, o dirigido justificou que a competição superou as expectativas, e por esse facto, considera positivo.
“Inicialmente, não tínhamos as condições, mas felizmente tudo apareceu e organizamos a prova em alusão ao Minjud. As equipas evidenciaram-se em alto nível competitivo e Fair - Play", considerou.

André Malle, também coordenador da comissão organizadora, realçou que a ausência do Desportivo da Banca foi nota negativa no evento. Das equipas inscritas, os karatecas da zona verde, à Maianga, não justificaram a ausência da competição disputada por Vila Clotilde, 1º de Agosto, Petro de Luanda e Vila Clotilde.

André Malle felicita o Ministério da Juventude e Desportos pela abnegação ao desporto nacional. “Que essa instituição continue a zelar pelas modalidades, principalmente, às individuais”, disse. O responsável assevera que “as modalidades individuais enfrentam muitas dificuldades na organização de competições.

Para dar mais rodagem competitiva aos atletas, a Associação de Luanda promete aumentar o número de provas durante a presente época”.
A competição foi disputada por 27 atletas, dos quais quatro da classe feminina. O 1º de Agosto venceu as duas especialidades em disputa: kata e kumite. O Petro de Luanda ocupou o segundo lugar e a Vila Clotilde fechou o pódio.

Na classe feminina individual, o 1º de Agosto voltou a evidenciar-se com as atletas Vitória Augusto e Eduarda Ueta. O terceiro lugar coube a Otília Kasseca, do Petro de Luanda. Nascila Pinto, do Vila Clotilde, contentou-se com o quarto e último posto. A prova contou com a presença de individualidades desportivas como

O presidente da Federação Angolana de Karate-Do, Kátia Barradas, testemunhou a disputa dos prémios. Os mestres João Marof, Manuel Sebastião, Angelino Malessi, André Malle, António Ngonga, Dadivas Fernandes e Françone dos Reis ajuizaram os combates.
RN