Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Treinador espanhol aponta ao profissionalismo

SILVA CACUTI - 09 de Janeiro, 2020

O andebol angolano deve apostar no envio dos principais atletas para as equipas e campeonatos europeus, a fim de alcançarem outros níveis competitivos e possam dar um salto de qualidade. A opinião é de Roger Font, preparador físico do FC Barcelona, que falava ontem à nossa reportagem, à margem do “clinic” em que é prelector. O evento sob os auspícios do Petro de Luanda, no âmbito dos festejos do seu 40º aniversário, encerra hoje.
Para Roger Font, o andebol angolano tem nível para absorver a forma de trabalho e os conceitos de treinamento que são implementados no FC Barcelona. O treinador mostrou a satisfação pela interacção havida nas sessões de ontem.
“Noto as pessoas super-atentas e concentradas naquilo que estamos a explicar. São conceitos novos, diferentes. Vejo o pessoal a fotografar as apresentações e julgo que isto demonstra o interesse. É gratificante”, comentou.
Edgar Neto, presidente da Associação de Treinadores de Andebol, regozijou-se pela formação e lamentou que esteja a acontecer num momento em que decorrem os campeonatos nacionais de juniores na cidade de Moçâmedes, o que reduziu o número de treinadores participantes.
“Contactamos os prelectores e mostraram disponibilidade para essas datas. Está a ser uma experiência positiva. Vamos fazer com que os treinadores ausentes obtenham o material e haja a transferência de experiências e de conhecimentos através dos participantes do evento”, disse.
O treinador congolês Ndinga Sergê, da equipa do DGSP, convidado para o torneio internacional que hoje fecha as cortinas, disse ser para si uma oportunidade de ouro participar na acção formativa.
“Seria melhor se fosse em francês, mas mesmo ministrado em espanhol, está a ser bom. Fomos convidados para competir e estamos a ganhar conhecimentos. É algo que vou sempre ser grato ao Petro de Luanda”, disse.
Além do curso para treinadores de andebol, as actividades alusivas aos 40 anos do Petro de Luanda, que se assinalam a 14 do corrente, vão ser marcadas hoje pelo jogo internacional entre as equipas femininas do DGSP da República do Congo e do Petro de Luanda, no encerramento do torneio comemorativo na classe feminina. Antes, as equipas masculinas do Petro e do Interclube disputam o terceiro jogo entre si.
O programa comemorativo do aniversário do Petro de Luanda inscreve provas de futebol jovem, mini-básket, voleibol, hóquei em patins, futebol de velhas glórias, vela e karaté-dó. No capítulo da formação, novo curso sobre treinamento desportivo está marcado para os dias 24 a 29 do corrente com o especialista brasileiro António Carlos. No dia 14, está prevista a realização de uma gala em que vão ser homenageadas as figuras que marcaram a agremiação.