Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Treinos à sexta-feira podem ser abolidos

08 de Maio, 2014

A Fórmula 1 tem debatido nos últimos tempos a possibilidade de acabar com as duas sessões de treinos livres de sexta-feira. De acordo com o site Grand Prix. com, as equipas estão divididas no que se refere a esta medida, as pequenas apoiam a medida, enquanto o chamado “grupo estratégico” formado pela Ferrari, Red Bull e Mercedes está contra.

O fim dos treinos de sexta-feira (realizados na quinta-feira em Mónaco) seria uma medida para cortar ainda mais os custos da categoria. Na última semana, o tema foi debatido pelas escuderias em Londres, mas a decisão foi adiada. Segundo o jornal alemão “Bild”, os treinos livres podiam ser reduzidos a uma sessão única de 90 minutos, provavelmente nas manhãs de sábado, a partir de 2015.

Outra proposta analisada pelo grupo diz respeito ao parque fechado, onde os carros são “lacrados” após os treinos de classificação nos sábados para evitar modificações em peças. O grupo tem a proposta de evitar mexidas nos carros já a partir dos treinos livres, independente de quando aconteçam, na sexta-feira ou, caso sejam reduzidos, no sábado.

“Houve um encontro na última semana”, admitiu Toto Wolff, chefe de equipa da Mercedes. “Os custos (da categoria) foram discutidos. É opinião unânime que os custos devem ser drasticamente reduzidos”, completou o dirigente.