Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Trs milhes viram abertura

10 de Fevereiro, 2014

Trs milhes de telespectadores acompanharam a cerimnia de abertura dos Jogos de Inverno que a cidade russa de Sochi acolhe

Fotografia: AFP

Cerca de três mil milhões de telespectadores em todo o mundo assistiram à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Sochi, na Rússia, anunciou no sábado o comité organizador. “A cerimónia foi vista por 40 mil espectadores reunidos no Estádio Fisht e por três mil milhões de telespectadores em todo o mundo”, refere um comunicado.

Nos Estados Unidos, apesar de a cerimónia ter sido transmitida em diferido, a audiência, de acordo com a cadeia NBC, foi de 31,7 milhões de pessoas, um número ligeiramente inferior aos 32,7 milhões de norte-americanos que viram em directo a abertura dos Jogos de Vancouver em 2010
Na Europa, o espectáculo de quase três horas foi seguido na Alemanha por 8,99 milhões de telespectadores (40 por cento de share), segundo o sítio especializado Meedia.

Trata-se da cerimónia de abertura de Jogos de Inverno mais vista na Alemanha, depois de Lillehammer 1994, na Noruega (9,24 milhões). Em França, a cerimónia foi vista via TV por 5,5 milhões de pessoas, de acordo com a France Télévision, enquanto na Grã-Bretanha foi seguida por 2,5 milhões, de acordo com a BBC.

RECORDE
O norueguês Ole Einar Bjoerndalen conquistou ontem a medalha de ouro no sprint, primeira prova do biatlo dos Jogos Olímpicos de Sochi 2014, e igualou o recorde de 12 medalhas ganhas em Jogos de Inverno. Bjoerndalen, 40 anos, que igualou o feito do seu compatriota e fundista Bjorn Daehlie, ultrapassou na prova de hoje o austríaco Dominik Landertinger, medalha de prata, e o checo Jaroslav Soukup, medalha de bronze. Ao longo dos cinco Jogos em que participou (1998, 2002, 2006, 2010 e 2014), Bjoerndalen conquistou sempre pelo menos uma medalha de ouro.

MEDALHA
O norte-americano Sage Kotsenburg conquistou ontem a primeira medalha de ouro da presente edição dos Jogos Olímpicos de Inverno, que decorrem em Sochi, na Rússia, ao vencer a prova de snowboard slopestyle. Para alcançar o primeiro lugar do pódio, Kotsenburg conquistou 93,50 pontos, tendo superado o norueguês Staale Sandbech (91,75), medalha de prata, e o canadiano Mark McMorris (88,75), medalha de bronze. O slopestyle é uma das 12 novas provas do programa olímpico dos Jogos de Inverno e é uma disciplina do snowboard em que o atleta tem de realizar o maior número de acrobacias ou manobras numa descida de 600 metros, composta, ainda, por três obstáculos em metal e três trampolins de salto.