Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Tricolores obrigam rivais a trabalhar

05 de Março, 2016

Vitória petrolífera interrompeu ciclo de dez meses sem triunfos

Fotografia: José Soares

A renovada equipa sénior feminina de andebol do Petro de Luanda vai obrigar a que o 1º de Agosto trabalhe, no caso de almejar vitórias, admitiu o técnico petrolífero. O treinador falava ao Jornal dos Desportos na quarta-feira, após o jogo com as rivais que marcou a abertura do campeonato provincial de Luanda.

"A grande determinação e consistência defensiva que temos e que nos permitiu ganhar uma grande equipa que temos consciência de que unidade por unidade é muito superior à nossa. Acredito que o desempenho das atletas do Petro vai obrigar o 1º de Agosto a trabalhar", disse.

Ganhar jogos é bom, não é a principal ambição da equipa, para já, uma vez que está em formação dentro de um projecto em que o aumento da competitividade é que interessa, salientou o treinador.

"São jogadoras jovens, motivadas, que querem aparecer. Estes resultados complicam a nossa missão porque estamos a redimensionar o nosso ciclo e o objectivo fundamental é tornar esta equipa competitiva daqui há dois, três anos. Não vamos ficar reféns dos resultados. Vamos continuar a fazer o nosso trabalho, mas sempre que der para o prestígio do Petro e  satisfação das próprias atletas e nossos adeptos, vamos ganhar", acrescentou.

A menção do treinador aos adeptos tem a ver com a forma como eles suportaram a equipa durante o jogo em referência. "As craques foram-se embora, mas o nome de gigante do andebol angolano ficou", disse eufórico, Marcelino Tchitue um dos adeptos no final do jogo. A vitória petrolífera, 26-24, interrompeu um ciclo de dez meses sem triunfos para a equipa do Catetão, durante o qual o emblema perdeu para as militares todas as competições da época e também a Supertaça deste ano disputada há uma semana, antes do jogo para o provincial. Ontem, para a segunda jornada jogaram no Pavilhão Anexo nº1 da Cidadela o Progresso - ASA, enquanto a partida entre Petro de Luanda - Marinha de Guerra foi adiado a pedido das marinheiras. O 1º de Agosto folgou.

Segundo apuramos, a prova masculina inicia na quarta-feira. O calendário da primeira ronda inscreve Interclube - Marinha de Guerra e Petro de Luanda - 1º de Agosto.