Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Troca de experiências antecede jogos

Silva Cacuti - 20 de Julho, 2014

Integrantes da delegação angolana aos Jogos da CPLP estiveram envolvidos em palestras durante a semana

Fotografia: Jornal dos Desportos

Os desportistas integrados na delegação angolana para os Jogos da CPLP que Luanda alberga a partir de 23 do corrente foram submetidos durante a semana a sessões de troca de experiências com antigos desportistas e campeões que representaram em ocasiões anteriores, as cores das selecções nacionais.

"Achamos que esta experiência seria única e marcante para os nossos jovens atletas e pensamos que seria benéfico para eles vivenciarem as experiências de vários atletas que como eles também foram jovens e representaram as cores da selecção nacional", disse António Gomes, director nacional dos Desportos, a propósito do encontro..

Num ambiente de conversa amena, diversas figuras do desporto angolano acederam falar para os campeões do futuro. Marcelina Kiala, andebolista reformada, que foi uma das melhores do Mundo, abriu a sessão de palestras e falou das suas experiências no mundo do andebol, com as integrantes da selecção de andebol.

O campeão mundial e olímpico de atletismo adaptado, José Sayovo e Guilhermina Cruz, também trocaram experiências com os atletas da sua modalidade, num encontro em que responderam a muitas questões colocadas pelos seus seguidores.

A comovente história de Antónia de Fátima "Faia", que ao procurar o seu lugar no desporto, praticou futebol, basquetebol, karaté e kikboxing, antes de se apegar ao judo e tornar-se campeã africana e atleta de referência mundial, mexeu com a plateia no auditório número dois da Galeria dos Desportos.
Além de Faia, Marcos Gil, nadador olímpico, que fez parte da primeira selecção angolana, também falou aos atletas. "Não se esqueçam do vosso objectivo", aconselhou.

Nádia Cruz, que foi a atleta mais jovem numa edição dos Jogos Olímpicos; Flávio Amado e Amaral Aleixo, do futebol;  Morais Abreu, do voleibol; Aléssio Peter, do ténis de mesa e Gustavo Conceição, do basquetebol foram outros convidados a palestrarem sobre as experiências que acumularam enquanto atletas.

Aléssio Peter, vice-campeão africano de ténis de mesa, disse que a jornada foi benéfica. "Ensinaram-nos que para ser campeão é preciso muito mais trabalho que aquilo que fazemos, temos de treinar muito. Que se quisermos ser campeões temos de ter disciplina em vários aspectos da vida e ter vontade de aprender", disse.