Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

TT Cuca Nocebo Huambo aumenta expectativa

Helder Jeremias - 24 de Agosto, 2019

Fotografia: Edies Novembro

Fortes emoções já mexem com as equipas nacionais de todo-o-terreno, inscritas para TT Cuca Nocebo na província do Huambo no dia 7 de Setembro. O evento pontuável para a quinta jornada do Campeonato Angolano de Rali Raid de 2019 está inserida nas festividades da cidade do planalto central.
Depois de equilíbrio constatado no TT Libongos na província do Bengo, na primeira semana do mês corrente, a expectativa está elevada. No percurso de 140 quilómetros, repartido em um prólogo de 10 quilómetros e quatro voltas consecutivas na especial de 35 quilómetros, os pilotos ofereceram espectáculo emocionante ao público do Dande.
Para TT Cuca Nocebo do Huambo, Hamilton Gonçalves na classe E, a dupla Maló Almeida/João Paulo na categoria TT e Hugo Carvalho na categoria Q são os principais alvos a abater depois das vitórias conquistadas no TT Libongos.
A dupla Maló Almeida/João Paulo aos comandos da Isuzu D-Max vai contar com a concorrência das duplas Ricardo Sequeira/João Monteiro (Mitsubishi Pajero), Paulo Freire/Armando Silva (Mitsubishi Pajero) e Pedro Jesus/Carlos Couto. Inconformados com as posições anteriores, vão procurar erguer o troféu máximo.
Hamilton Gonçalves foi o vencedor do troféu Polaris RZR XP 900 Cup by Trevotech e pode voltar a contar com a pressão de José Rocha. O segundo lugar no Bengo ainda incomoda nas contas da classe E.
Hugo Carvalho vai ter de provar que a consagração no TT Libongos não foi \"sorte\". A Yamaha deve superar a Honda TRX450 de Paulo Trindade para justificar o bom momento de forma desportiva.
Na classe M, as emoções são mais fortes pelo elevado número de concorrentes. A bordo da KTM SXF 350, João Catarino vai procurar acelerar mais para cortar a meta do título de campeão do CARR\'2019. A vitória no TT Libongos atiçou a fúria de Mira Godinho que se quedou em segundo lugar a bordo da KTM EXC300. O resultado do piloto estreante na prova coloca-o como o potencial candidato a vitória no Huambo.
João Catarino pode ainda contar com as fortes concorrências de Célio Plácido e Onur Atas, ambos de KTM. Os pilotos estão refeitos da quebra física que os levou a desistir no Bengo.