Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

UEFA inaugura museu e galeria

08 de Maio, 2014

O estádio da Luz vai ser o palco da final espanhola entre o Real Madrid e o Atlético da capital

Fotografia: AFP

A inauguração do Museu e da Galeria da UEFA Champions na terça-feira, nos Paços do Concelho da Câmara Municipal de Lisboa, marca o arranque de três semanas da “festa do futebol” na cidade, considerou o presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF). “Com a inauguração deste espaço, inicia-se a presença - durante cerca de três semanas - da festa do futebol na cidade de Lisboa (que culmina com a final da Liga dos Campeões, a 24 de Maio, no Estádio da Luz).

Esta galeria de fotos é representativa daquilo que ao longo dos anos se tem passado na Champions League - quer masculina, quer feminina - e é uma evidência do que tem sido o enorme sucesso desta competição”, disse Fernando Gomes na inauguração do espaço. O presidente da FPF salientou que a final da competição masculina em Lisboa, entre Real Madrid e Atlético Madrid, ganha mais sabor com a presença de jogadores portugueses nas duas equipas.

“Na final masculina deste ano vamos ter jogadores portugueses - de um lado (Real Madrid) o Cristiano Ronaldo, o Pepe e o Fábio Coentrão, e do outro (Atlético Madrid) o Tiago - pelo que temos a certeza de que o troféu vai ser conquistado pelo menos por um português. E sendo em Lisboa, também por essa via é uma imensa satisfação ter cá a final”, sublinhou o presidente da FPF.

A Galeria UEFA Champions reúne na Sala do Risco, nos Paços do Concelho, mais de 150 fotografias sobre a história da principal competição europeia de clubes, desde que nasceu em 1955 - ainda com a designação Taça dos Campeões Europeus - até aos tempos modernos, já com o nome Liga dos Campeões.

No Museu, no Pátio da Galé, os visitantes podem recordar os vencedores históricos, ver artigos usados por antigas e actuais lendas do futebol, como a camisola vermelha que Eusébio usou pelo Benfica na final perdida em 1963, uma das luvas de Vítor Baía da final que o FC Porto ganhou em 2004, ou as chuteiras de Messi da final de 2009 (na qual o FC Barcelona derrotou o Manchester United).

“Este espaço inaugurado inicia cerca de três semanas de exposição gratuita, que todas as famílias e amantes de futebol podem ter a oportunidade de ver - não só nesta galeria, mas também no museu”, realçou Fernando Gomes. Presente também na cerimónia, o vereador da Câmara Municipal de Lisboa Jorge Máximo considerou que “é com grande entusiasmo e com grande honra que a cidade acolhe a edição de 2014 da final da Liga dos Campeões Europeus, a grande festa do futebol europeu”.

“Lisboa vai estar, por estes dias, nas bocas do mundo, devido ao futebol: não só pela final, mas também pela equipa do Benfica, que vai representar a cidade na outra competição da UEFA, a Liga Europa”, acrescentou.